Fonte: OpenWeather

    Tentativa de Feminicídio


    Vídeo: adolescente se finge de morta após tentativa de feminicídio

    Vítima foi baleada na cabeça, de raspão, e caiu no chão para escapar da morte. Autor do disparo foi detido e preso pela polícia

     

    O suspeito fugiu depois de cometer o crime
    O suspeito fugiu depois de cometer o crime | Foto: Reprodução

    Uma adolescente de 17 anos foi vítima de uma tentativa de feminicídio em Caraguatatuba, litoral de São Paulo. A jovem conseguiu escapar da morte pois fingiu estar morta: ela foi atingida com um tiro na cabeça pelo ex-companheiro.

    O tiro pegou de raspão, próximo da testa. Com medo, a casa da garota vive trancada. A vítima afirmou que o homem foi até a casa dela e a jogou no chão, afirmando "você vai morrer porque você não me avisou que tinha saído com meu filho e tava no colo de macho?". 

    Ela relatou diversas agressões e tentou fugir. Durante a tentativa de escapar, foi atingida pelo tiro, se jogou no chão e fingiu estar morta, mesmo ferida.

    Eles se conheciam desde quando a vítima tinha 13 anos e que, no começo do relacionamento, a situação era diferente. Quando as agressões começaram, a garota chegou a se mudar para outra cidade, mas retornou ao litoral e engravidou. O filho tem 2 anos e tentou se separar do suspeito, que não aceitava o fim do relacionamento. Com isso, as agressões e ameaças se tornaram mais constantes.

    O suspeito fugiu depois de cometer o crime, mas foi detido pela Polícia Militar depois que os agentes realizaram um patrulhamento na região. De acordo com a corporação, o suspeito chegou a entrar em luta corporal para não ser preso, mas foi imobilizado e detido pela tentativa de homicídio.

    Veja a reportagem do caso: