Fonte: OpenWeather

    Maldade


    Cão levado em furto de sítio ficou 20 horas parcialmente enterrado

    O dono do local percebeu que, além de objetos e aparelhos eletrônicos furtados, um dos cachorros havia sumido

     

    Um cachorro, levado durante um furto em um sítio de Guareí (SP)
    Um cachorro, levado durante um furto em um sítio de Guareí (SP) | Foto: Reprodução

    Um cachorro, levado durante um furto em um sítio de Guareí (SP), foi encontrado parcialmente enterrado em um terreno próximo à casa. De acordo com o dono do animal, Eduardo Delfino de Oliveira, o cão ficou mais de 20 horas na terra

    A família relatou que um parente chegou no sítio na tarde da última quarta-feira (10) e encontrou o local invadido. O dono do local percebeu que, além de objetos e aparelhos eletrônicos furtados, um dos cachorros havia sumido.

    Quem localizou o husky siberiano Hachi foi o vizinho e cunhado de Eduardo, Aníbal Mateo. O animal foi resgatado com a ajuda de pás e ferramentas, e foi socorrido pela família.

    A outra dona postou um apelo nas redes sociais questionando a capacidade das pessoas de realizar tamanha crueldade. “Absurdamente infeliz o que fizeram com ele. Nossa maior dúvida: quem? Impossível entender como existem pessoas capazes de tamanha maldade“, escreveu.

    Para Eduardo, o cachorro deve ter sido dopado pelos criminosos, já que é considerado de porte grande e bravo. “Tudo bem que terei que arcar com os custos do que foi levado, mas meu cachorro convive comigo há 10 anos. É um sentimento de revolta, por não entender porque o ser humano faz um negócio como esse”, desabafou o rapaz.

    *Com informações do Metrópoles