Fonte: OpenWeather

    Execução


    Em Manaus, homem é morto com 12 tiros enquanto dormia em apartamento

    Conforme a polícia, a vítima teve o imóvel arrombando e foi executada em cima da cama. O crime pode ter sido motivado por um acerto de contas

     

    Testemunhas apontaram um suposto envolvimento com o tráfico de drogas, como causa da execução
    Testemunhas apontaram um suposto envolvimento com o tráfico de drogas, como causa da execução | Foto: Divulgação

    Manaus - O autônomo Thiago dos Santos Castilho,  de 26 anos, foi executado com 12 tiros na noite de domingo (14), dentro do apartamento onde morava na rua Pico das Águas, no bairro São Geraldo, na Zona Centro-Sul de Manaus. 

    Conforme informações de testemunhas repassadas à Polícia Militar, a  vítima estava sentada na cama com a porta do quarto aberta, quando foi surpreendida pelos executores que efetuaram diversos disparos. 

    Há também a hipótese de que os suspeitos tenham arrombado a porta e surpreendido a vítima no momento em que ela estava dormindo.

    Os suspeitos chegaram em um veículo modelo EcoSport e fugiram após o crime. A motivação e circunstâncias do crime serão investigadas, mas testemunhas apontaram um suposto envolvimento com o tráfico de drogas, como causa da execução. 

    O local do crime foi isolado pela Polícia Militar e o cadáver foi removido pela equipe do Instituto Médico Legal (IML).

    O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

    Leia mais 

    Trans assassinada em quarto de motel de Manaus trabalhava como atriz

    Bandidos invadem casa e executam jovem no Zumbi dos Palmares

    Idosa é assassinada enquanto caminhava no Centro de Manaus