Fonte: OpenWeather

    HOMICÍDIO


    PM suspeito de matar mulher trans em motel de Manaus continua foragido

    O policial militar foi visto arrombando o portão do estabelecimento e fugindo do local após os disparos

     

    Atriz foi encontrada morta em um dos quartos do motel após um homem armado ser visto fugindo do local
    Atriz foi encontrada morta em um dos quartos do motel após um homem armado ser visto fugindo do local | Foto: Divulgação

    Manaus - A busca pelo principal suspeito de assassinar a jovem Manuela Otto, de 25 anos, uma mulher trans, segue em andamento, mas ainda sem resposta. O caso aconteceu na noite do último sábado (13), em um motel na capital. A vítima, que era atriz, foi encontrada morta em um dos quartos após um cabo da Polícia Militar ser visto fugindo do local.

    O cabo da PM fugiu do local após o barulho de disparos por arma de fogo serem ouvidos no estabelecimento. Em um vídeo, da câmera de segurança do motel, ele é visto saindo armado de um carro branco, de modelo Chevrolet Prisma e placa PHJ-1418.

    Nas imagens, ele tenta sair do local, mas a funcionária se recusa a abrir o portão após ouvir os disparos. Contrariado, ele entra novamente no veículo e arromba o portão para fugir. Veja: 

    Capa do Vídeo
    | Autor: Divulgação
     

    Segundo a delegada Bruna Parente, adjunta da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o suspeito do crime já foi identificado e as investigações em torno do caso estão em andamento . Entretanto, mais informações não podem ser repassadas para não atrapalhar os trabalhos policiais.

    Já a Polícia Militar informou que Diretoria de Justiça e Disciplina (DJD) da Corporação está acompanhando o caso e já instaurou Inquérito Policial Militar (IPM) para analisar o suposto envolvimento do policial no crime de homicídio.

    A corporação acrescentou que o policial estava afastado das atividades operacionais e administrativas por "motivos de saúde".

    Em nota a Associação de Travestis, Transexuais e Transgêneros do Estado do Amazonas (Assotram) lamentou o ocorrido "As pessoas são insubstituíveis em sua existência e quando são especiais deixam saudades, para seus amigos/amigas e familiares. Todas as palavras não são o suficiente para expressar nosso sentimento. Pedimos a Deus que conforte o coração de seus Familiares e amigo(a)s", diz a nota.

    Leia mais

    Trans assassinada em quarto de motel de Manaus trabalhava como atriz

    'Barbie do Mauazinho' é presa por assaltos a salões de beleza

    Morto por PM em Manaus, Felipe Cavalcante sonhava em ser engenheiro