Fonte: OpenWeather

    Violência


    Suspeito é morto com facada após invadir casa de peixeiro em Manaus

    A companheira da vítima relatou à polícia que o marido foi atingido com uma facada no peito, e só conseguiu sobreviver após esfaquear o pescoço do ladrão

     

    Suspeito morreu na hora, enquanto o peixeiro foi socorrido e levado à uma unidade de saúde
    Suspeito morreu na hora, enquanto o peixeiro foi socorrido e levado à uma unidade de saúde | Foto: Divulgação

    Manaus - Sandro Marques de Campos, de 25 anos, foi morto após tentar roubar uma residência na madrugada desta segunda-feira (22), no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus. Segundo a polícia, o dono da casa, um peixeiro de 43 anos, reagiu e esfaqueou o pescoço do suspeito.

    De acordo com as autoridades, o caso teve início  quando Sandro invadiu o imóvel, e acordou os moradores da residência sob gritos de ameaças. Na ocasião, o suspeito estava com uma faca na mão, e exigia dinheiro. Foi nesse momento em que o peixeiro reagiu, e travou luta corporal com o assaltante.

    Em depoimento à polícia, a companheira da vítima relatou que o marido foi atingido com uma facada no peito, e só conseguiu sobreviver após esfaquear o pescoço do ladrão.

    O suspeito morreu na hora, enquanto o peixeiro foi socorrido e levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Campos Sales. O estado de saúde dele, no entanto, não foi divulgado.

    O corpo de Sandro foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exame de necropsia. A Polícia Civil está investigando o caso.

    Fim de semana violento em Manaus

    Somente em uma ação realizada pela Polícia Militar do Amazonas (PMAM), na madrugada de domingo (21), seis suspeitos foram mortos, depois que entraram em confronto com os agentes, no bairro Santo Agostinho, zona Oeste de Manaus. 

    Leia mais

    Dona de padaria é baleada enquanto trabalhava no bairro Coroado

    Criminosos em carro lançam corpo decapitado em rua do Novo Aleixo

    'O pai tá on': Festa clandestina com 40 pessoas é encerrada no Tarumã