Fonte: OpenWeather

    Crime


    Pistoleiros executam rivais na ZL e ZN de Manaus em menos de 1 hora

    Homens são executados nos bairros Jorge Teixeira e Cidade de Deus com minutos de diferença

    Suspeitos chegaram em um carro branco e perseguiram Erick que estava em via pública | Foto: Suyanne Lima

    Manaus (AM) - Em menos de uma hora pistoleiros executaram rivais na Zona Leste de Manaus. Erick Gama, de 28 anos, foi assassinado com cinco tiros na tarde desta terça-feira (23), na rua Jambu, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus. A morte de Erick, segundo a polícia, pode ter ligação com a execução de Everton Vinhote, de 26 anos, registrada horas antes no bairro Cidade de Deus, Zona Norte de Manaus.

    De acordo com o delegado Fábio Silva, titular da Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), testemunhas informaram que assim como na outra execução, os suspeitos chegaram em um carro branco e perseguiram Erick que estava em via pública. 

    "Foram cinco tiros pelas costas. Erick ainda tentou correr para dentro de uma residência onde não morava, mas não resistiu. Os tiros foram à queima-roupa. Estamos recebendo informações que podem indicar que esses dois crimes tenham ligação, pois os modus operandi e característica do veículo batem", explicou a autoridade policial. 

    Moradores relataram que a morte de Erick pode estar ligada ao tráfico de drogas, pois há uma disputa por pontos de vendas naquela mesma rua entre dois traficantes. A vítima seria soldado de um deles. 

    O caso será investigado pela DEHS e o corpo de Erick foi removido pela equipe do Instituto Médico Legal (IML).

    Assassinato no Cidade de Deus

     

    O local do crime foi isolado por policiais militares da 30ª Cicom
    O local do crime foi isolado por policiais militares da 30ª Cicom | Foto: Suyanne Lima

    Horas antes, Everton Vinhote, de 26 anos foi assassinado a tiros na tarde desta terça-feira (23), na travessa Bom Jesus, bairro Cidade de Deus,  Zona Norte de Manaus. 

    Conforme testemunhas, a vítima estava em via pública quando foi surpreendida por criminosos que chegaram em um veículo supostamente de modelo Chevrolet Prisma, de cor branca, de onde desceu um suspeito que atirou contra o homem. 

    Ainda segundo moradores, Everton era morador da área e supostamente teria se envolvido com "o movimento", maneira a qual utilizam para referir-se ao tráfico de drogas. No entanto, alegaram que ele era tranquilo com a comunidade. 

    O local do crime foi isolado por policiais militares da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) para a chegada dos demais órgãos competentes. 

    Leia Mais

    Homem é executado em acerto de contas do tráfico em Manaus