Fonte: OpenWeather

    Assassinato


    Mulher é assassinada a tiros e marido é baleado em ramal de Manaus

    Vizinhos desconfiam que a motivação do crime seja uma rixa entre vizinhos

     

    Testemunhas contaram que Carine e o esposo foram surpreendidos por um indivíduo
    Testemunhas contaram que Carine e o esposo foram surpreendidos por um indivíduo | Foto: Em Tempo

    Manaus - Carine Monteiro Fontenele foi assassinada a tiros na noite desta terça-feira (23), no quilômetro 4 do Ramal do Brasileirinho, no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste de Manaus. O esposo dela, que não teve o nome revelado foi baleado. 

    Testemunhas contaram que Carine e o esposo foram surpreendidos por um indivíduo ainda não identificado que invadiu o terreno deles e efetuou disparos de arma de fogo. Mesmo baleados, os dois correram por terrenos vizinhos na tentativa de escapar do suspeito e se salvarem.

    "O atirador fugiu e o esposo dela saiu pedindo socorro. Ele foi atendido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado ao hospital. Carine teria entrado em uma propriedade próxima e acabou não resistindo e morrendo no local", contou a moradora. 

    A testemunha relatou ao Em Tempo que a morte de Carine e a tentativa de homicídio do esposo dela conhecido como "Carequinha" poderia estar relacionada a uma briga com um vizinho deles que já trabalhou na propriedade do casal e teria entrado na Justiça pedindo indenização  por danos morais. 

     

    A briga poderia estar relacionada poderia estar relacionada a uma briga com um vizinho deles
    A briga poderia estar relacionada poderia estar relacionada a uma briga com um vizinho deles | Foto: Rogério Barros

    "Parece que a ação já estava no valor de R$ 60 mil e o 'Carequinha' tentou negociar com o homem, mas ele não aceitou. Inclusive essa semana foram ouvidos disparos nas proximidades da casa deles e nós chegamos a acionar a polícia. Pode ter sido um aviso", contou a mulher que não quis se identificar. 

    O carpinteiro Josemar A. G. que é vizinho do casal contou a reportagem que os moradores ouviram os tiros e instantes depois se depararam com o esposo de Carine baleado. 

    "O suspeito chegou atirando contra eles e os gritos foram muito altos. A mulher correu por terrenos e caiu muito longe, ela pediu muita ajuda e gritava demais. O marido dela pegou um terçado, fugiu por uma área de mata e chegou aqui baleado", relatou o carpinteiro.

    O esposo da vítima é uma pessoa tranquila segundo os vizinhos. Novamente, a suposta briga com um morador da área foi citada por mais uma testemunha. Não há informações do estado de saúde do companheiro de Carine.

    O  local do crime foi isolado na 30° Companhia Interativa Comunitária (Cicom) para chegada dos demais órgãos competentes. 

    O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

    Assista a Live do Portal Em Tempo:

    Leia Mais:

    Homem é preso com armas, drogas e munições no Monte Sião

    Homem é preso em flagrante após agredir cachorro com pedaço de ferro

    Dupla de suspeitos aterroriza passageiros do ônibus da linha 600 na ZL