Fonte: OpenWeather

    Policia


    Base Arpão busca piratas do rio acusados de ataques em Coari

    As informações apontavam que indivíduos estavam abrigados à margem do rio Solimões, aguardando a passagem de embarcações para realizar ataques.

     

    Ao desembarcar no local, os policiais apreenderam quatro espingardas de calibre 16 e duas espingardas de calibre 20.
    Ao desembarcar no local, os policiais apreenderam quatro espingardas de calibre 16 e duas espingardas de calibre 20. | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - Agentes da Base Fluvial Arpão apreenderam seis armas de fogo em uma área de mata na região da comunidade Paraná do Copear, em Coari (a 363 quilômetros de Manaus). Os criminosos,identificados como piratas do rio, conseguiram fugir pela mata.

    De acordo com a assessoria, os policiais chegaram ao esconderijo dos piratas após denúncias anônimas. As informações apontavam que indivíduos estavam abrigados à margem do rio Solimões, aguardando a passagem de embarcações para realizar ataques.

     

    Contra ‘piratas dos rios’: Base Arpão apreende seis armas de fogo
    Contra ‘piratas dos rios’: Base Arpão apreende seis armas de fogo | Foto: Divulgação

    As equipes policiais se deslocaram nas lanchas blindadas para fazer as buscas e visualizaram os infratores na beira do rio. Assim que perceberam a presença policial, os suspeitos entraram na mata, e abandonaram algumas armas.

    Ao desembarcar no local, os policiais apreenderam quatro espingardas de calibre 16 e duas espingardas de calibre 20. Segundo a polícia, o prejuízo ao crime está estimado em R$ 6 mil.

    Quem tiver informações sobre o paradeiro dos suspeitos pode fazer denúncia ao 181, o disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), ou passar as informações através do site do órgão, no www.ssp.am.gov.br.

    A Base Arpão foi criada pela SSP-AM e atua de forma integrada com efetivos das Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Federal, Força Nacional, Secretaria de Operações Integradas (SEOPI), do Ministério da Justiça e Segurança Pública e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

    A Operação “Hórus” é um dos eixos do Programa Nacional de Segurança de Fronteiras e Divisas (Vigia), do Ministério da Justiça.

    *Em Tempo com informações da assessoria

    Leia mais:

    Vídeo: criminosos são presos após assaltarem ônibus em Manaus

    Gamer mata amiga na vida real após ela desistir de pacto; veja vídeos

    Peixeiro esfaqueado no peito durante roubo morre em hospital de Manaus