Fonte: OpenWeather

    Homicídio


    Adolescente manda matar o próprio pai em Manaus e é apreendida; veja

    Durante o ataque, o pai dela reagiu e matou um dos assassino. No entanto, ele também foi ferido e morreu no hospital

     

    O caso foi investigado pela Polícia Civil
    O caso foi investigado pela Polícia Civil | Foto: Divulgação

    Manaus - Uma adolescente de 16 anos foi apreendida após planejar a morte do próprio pai, o peixeiro Adinaldo Faria de Souza, de 44 anos. O caso ocorreu na madrugada de segunda-feira (22), por volta de 1h, comunidade União da Vitória, bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus e ela foi apreendida naquela mesma madrugada. 

    De acordo com a delegada Elizabeth de Paula, titular da Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), o crime foi planejado pela adolescente há pelo menos uma semana.  

    “A menor deixou a porta de casa aberta para que dois homens adentrassem ao local e matassem o pai dela. Os suspeitos estavam portando facas e desferiram golpes enquanto a vítima estava dormindo. O pai da adolescente ainda conseguiu se defender e revidar as agressões contra um dos homens, identificado como Sandro Marques de Campos, de 25 anos, que foi morto no local. Já o segundo indivíduo acabou fugindo”, detalhou a autoridade policial. 

    O pai da adolescente chamou ajuda, foi levado para o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, localizado no bairro Adrianópolis, Zona Centro-sul da capital, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. 

    Motivação

    Ainda conforme a delegada Elizabeth de Paula, já havia de um desgaste por parte da adolescente para com o pai em sua relação familiar. “A menina confirmou ter planejado o ato contra o pai. Contou que ele sempre foi bastante agressivo com ela, e que suas irmãs e sua mãe eram, frequentemente, agredidas pelo mesmo. E para tentar protegê-las, a adolescente teria feito o acordo com os dois homens”, revelou a autoridade policial. 

    Procedimentos

    A adolescente de 16 anos vai responder por ato infracional análogo ao crime de homicídio e foi encaminhada à Unidade de Internação Provisória (UIP), localizada na Avenida Desembargador João Machado, bairro Alvorada, zona centro-oeste, onde aguardará decisão da Justiça.

    Leia Mais:

    Polícia Federal incinera mais de meia tonelada de drogas no Amazonas

    Homem que se passava por mulher no instagram estupra mais de 10 em MG

    Polícia prende 'Maison' com arma droga e dinheiro no Alvorada