Fonte: OpenWeather

    Acerto de Contas


    'Pipoca' é executado com 9 tiros em Manaus: 'Morreu por matar criança'

    Apontado como um dos envolvidos na morte da pequena Lohanny Remijo, de 8 anos, "Pipoca" tentou se esconder durante o dia, mas foi encontrado e morto por rivais

     

    Placa deixada com corpo de Andrew
    Placa deixada com corpo de Andrew | Foto: Divulgação

    Manaus – “Morreu por matar criança”, diz uma placa deixada no peito de Andrew dos Santos de Souza, de 25 anos. O homem foi executado com nove tiros na rua Arenito, bairro Jorge Teixeira, zona leste de Manaus, na noite deste domingo (14), por suspeita de assassinar a pequena Lohanny Remijo Nascimento, de 8 anos.

    Junto ao corpo, também foi deixado outro bilhete, “morreu por causa da criança de 8 anos”. De acordo com informações da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Andrew, que também é conhecido como “Pipoca”, testemunhas afirmaram que o suspeito teria passado o dia inteiro escondido no local onde foi morto.

    O homem não resistiu aos ferimentos, e morreu no local. O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML), e a DEHS deve continuar com as investigações.

    Entenda o caso

    Lohanny Remijo Nascimento, de apenas 8 anos, foi atingidapor uma bala perdida na madrugada do domingo, na rua das Turmalina, bairro Tancredo Neves, Zona Leste de Manaus.

    No local, criminosos tentaram assaltar uma casa, mas foram agredidos pelos moradores, que reagiram ao crime. Como retaliação, os assaltantes realizaram disparos contra as vítimas, que atingiram a criança e o padrasto dela.

    Lohanny morreu na hora, e o homem precisou ser levado às pressas para o Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, onde continua recebendo atendimento médico. O estado de saúde dele não foi divulgado.   

    Suspeitos

     

    Imagens divulgadas pela Polícia Civil
    Imagens divulgadas pela Polícia Civil | Foto: Divulgação

    Antes de ser executado, Andrew e mais um suspeito foram avistados por câmeras de segurança no Platão Araújo, onde fugiram antes mesmo de receberem os primeiros socorros. As imagens foram divulgadas pela Polícia Civil do Amazonas, que solicitou ajuda da população para identificar os homens.

    Quem tiver informações sobre o caso, pode entrar em contato pelo WhatsApp da DEHS (92) 98421-5336, ou pelo 181, da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

    Leia mais:

    Morador de rua é assassinado com pauladas, facadas e tiros em Manaus

    Jogador Gabigol e MC Gui são detidos em cassino clandestino em SP

    Briga em família acaba com homem morto pelo próprio irmão em Manaus