Fonte: OpenWeather

    Brutalidade


    Vendedor de salada de frutas é morto com 17 facadas na praça da Matriz

    Segundo a polícia, a principal suspeita é de que o vendedor tenha sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte)

     

    A vítima estava trabalhando quando foi morta
    A vítima estava trabalhando quando foi morta | Foto: Ayrton Senna Gazel

    MANAUS - Um vendedor de salada de frutas, identificado até o momento apenas como "Altemiro", foi assassinado com 17 de facadas, na tarde desta terça-feira (13), enquanto trabalhava na Praça da Matriz, bairro Centro, Zona Sul de Manaus. Segundo a polícia, a principal suspeita é de que o rapaz tenha sido vítima de latrocínio, roubo seguido de morte.

    De acordo com os policiais da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), "Altermiro" estaria vendendo salada de frutas, quando teria sido abordado por um criminoso. Após reagir ao assalto, o vendedor acabou sendo brutalmente esfaqueado e ficou agonizando no local, enquanto o bandido fugiu.

    Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel Urgente (Samu) chegou a ser acionada, mas ao chegar no local, os socorristas apenas constataram a morte da vítima. 

     

    O carro de salada de frutas ao lado do corpo de "Altemiro"
    O carro de salada de frutas ao lado do corpo de "Altemiro" | Foto: Ayrton Senna Gazel

    Os peritos do Departamento Técnico-Científico (DPTC) detectaram 17 perfurações provocadas por arma branca no corpo do homem, a maioria nas costas. O corpo da vítima foi removido ao Instituto Médico Legal (IML) e a Polícia Civil deve investigar o caso.

    Mais mortes no Centro

    Também no bairro Centro, o adolescente Vinícius Gabriel Medeiros dos Santos, de 17 anos, foi assassinado na tarde de segunda-feira (12). Segundo a polícia, o jovem teria sido morto por um justiceiro, no momento em que tentava cometer um assalto na rua Tamandaré.

    Conforme um levantamento realizado pela equipe de reportagem do Em Tempo, só neste ano, o Centro da capital já registrou, pelo menos,16 mortes violentas.

    Leia mais

    Adolescente é assassinado a facadas no interior do AM

    Mordomia: presos usam celular e Wi-Fi de delegacia no Amazonas

    PM ajuda criança que corria risco de ter dedo amputado em Manaus