Fonte: OpenWeather

    DEPCA


    Estupro: sanfoneiro prometia casar com ex-enteada de 11 anos em Manaus

    Bruno do Acordeon confessou o crime e contou à polícia que a mãe da vítima, que morreu em janeiro deste ano vítima da Covid-19, também sabia dos abusos

     

    O suspeito foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável
    O suspeito foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável | Foto: Divulgação

    MANAUS - O sanfoneiro Bruno do Acordeon, de 33 anos, preso em flagrante por estuprar a ex-enteada de 11 anos, prometia casar com a vítima quando ela completasse 15 anos. A informação foi repassada pela delegada Joyce Coelho, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca). O suspeito foi preso no final da tarde de segunda-feira (19), no bairro Grande Vitória, na Zona Leste de Manaus.

    Conforme a delegada, o sanfoneiro confessou o crime e contou que a mãe da vítima, que era a companheira dele e morreu em janeiro deste ano vítima da Covid-19, também sabia dos abusos e era conivente.

    "A mãe da vítima conviveu por seis anos com esse suspeito. Após a morte da mulher, a vítima e a irmã dela, uma adolescente de 13 anos, ainda chegaram a morar com o padrasto por alguns dias, mas depois foram para a casa do pai. O sanfoneiro mesmo longe da criança era controlador e monitorava tudo o que ela fazia e com quem conversava", destacou a delegada.

     

     

    delegada Joyce Coelho, titular da Depca
    delegada Joyce Coelho, titular da Depca | Foto: Suyanne Lima

    A titular da Depca informou ainda que a irmã de 13 anos sabia dos abusos e tentava alertar a irmã que ela estava sendo vítima de um crime. No entanto, o aliciador seduzia a menina para que ela não compreendesse a gravidade da situação

    "Diante da análise das mensagens trocadas entre o suspeito e a criança, verificamos que ela tinha um carinho por ele e o chamava de pai. Esse é um clássico tipo de abuso intrafamiliar que viola a inocência da criança. Ele sabia conduzir a situação inclusive prometia casar com ela assim que ela completasse 15 anos. É um crime hediondo e de nenhuma maneira essa conduta pode ser normalizada", argumentou a delegada da Depca.

    O suspeito foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável e deve passar por audiência de custódia, onde irá ficar à disposição da Justiça.

    A menina já estava desaparecida há dois dias e confessou que estava com o sanfoneiro. Clique para saber mais detalhes do desaparecimento.

    Leia mais 

    Vídeo: Dupla é presa suspeita de estuprar bebê de quatro meses

    Suspeito de estuprar criança é espancado até a morte em Manaus

    Criança de 3 anos revela à mãe que irmã de 5 foi estuprada em Manaus