Fonte: OpenWeather

    Violência


    Duplo homicídio: jovens são executados a tiros no Alfredo Nascimento

    As motivações do crime ainda não foram confirmadas pelas autoridades

     

    Crime aconteceu perto de uma residência na rua São Luís
    Crime aconteceu perto de uma residência na rua São Luís | Foto: Ayrton Senna Gazel

    MANAUS - Dois jovens identificados como Hudson Saldanha Cumapé, de 19 anos, e Wendell Farias e Silva, de 23 anos, foram mortos a tiros, na noite de sábado (2). O caso ocorreu na comunidade Alfredo Nascimento, zona Norte de Manaus. As motivações do crime ainda não foram confirmadas pelas autoridades.

    Segundo a polícia, Hudson e Wendell foram assassinados enquanto estavam próximos a uma residência, na rua São Luís. Os autores do crime fugiram sem que fossem identificados.

    Em uma breve declaração ao EM TEMPO, um investigador da Polícia Civil, que preferiu não se identificar, levantou a possibilidade do crime estar ligado ao tráfico de drogas.

    "Ainda não podemos confirmar nada, mas aquela comunidade é uma área de há um intenso comércio de entorpecentes", afirmou.

     

    A equipe de reportagem percorreu o local do crime, mas os moradores fizeram prevalecer a "Lei do Silêncio", e não quiseram dar nenhuma declaração sobre o caso, temendo sofrer algum tipo de retaliação. 

    O caso é investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). 

    Uma hora depois: outro duplo homicídio na capital

    Pouco mais de uma hora depois das mortes de Hudson e Wendell, outro ataque de pistoleiros deixou mais duas pessoas mortas. Desta vez,  Kemmeth Ckark Melo Santos, de 28 anos, e Lelis Pereira Ramos, de 43, foram executados com 7 e 6 tiros, respectivamente, na rua Domingos Russo, no bairro São Jorge, zona Oeste da cidade.

    De acordo com a Polícia Militar, o crime teria sido motivado pelo tráfico de drogas.

    Leia mais

    Mulher é morta a facadas e tem corpo queimado pelo marido em Manaus

    Vídeo: PM dá tapa no rosto de mulher durante abordagem em Manaus

    Justiceiro mata suspeito de cometer assaltos na Zona Norte de Manaus