Fonte: OpenWeather

    Execução


    "Estudante" é morto enquanto conversava com amigos em Manaus

    Segundo a polícia, o jovem teria possível envolvimento com o tráfico de drogas na área do Muritão, Zona Norte da capital

     

    Menor não resistiu aos ferimentos e foi a óbito no Hospital e Pronto Socorro Platão Araújo, zona Leste de Manaus.
    Menor não resistiu aos ferimentos e foi a óbito no Hospital e Pronto Socorro Platão Araújo, zona Leste de Manaus. | Foto: Divulgação

    MANAUS -  Um estudante de 17 anos morreu ao ser baleado no peito, na rua 83, na área do Mutirão, bairro Novo Aleixo, zona Norte de Manaus.

      O crime aconteceu por volta das 21h deste sábado (1º), Esaú Soares Santana estava conversando em uma roda de amigos e, segundo testemunhas contaram à polícia, homens em um carro preto, modelo Prisma, passaram pela via efetuando vários disparos contra o adolescente de dentro do veículo e fugindo sem ser identificados. Um dos tiros acertou o tórax do menor.  

    Após pânico no local, a vítima foi encaminhada até o Hospital e Pronto Socorro Platão Araújo, na avenida Autaz Mirim, Zona Leste da capital, passou por procedimentos cirúrgicos, mas não resistiu aos ferimentos.

    Acerto de contas

    De acordo com informações da 27ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), não é descartada a possibilidade de que o crime foi motivado por acerto de contas entre traficantes de drogas da área e, também, um possível envolvimento do jovem com o tráfico.

    Filho único

    Na frente do Hospital e Pronto Socorro Platão Araújo, familiares entraram em desespero após a morte do rapaz ser confirmada. Desolada, a mãe de Esaú Santana, que não foi identificada, informou que o menor era filho único.  

    Leia mais 

    Duplo homicídio: jovens são executados a tiros no Alfredo Nascimento

    Amigos são executados por atiradores em carro branco no São Jorge

    Mulher é morta a facadas e tem corpo queimado pelo marido em Manaus