Fonte: OpenWeather

    Maus-tratos


    Caso de canibalismo entre cachorros é investigado em Manaus; vídeo

    Segundo as autoridades, os animais famintos mais saudáveis estariam devorando os mais fracos para sobreviverem

     

    Animais estariam em vivendo em péssimas condições em casa do bairro Lago Azul
    Animais estariam em vivendo em péssimas condições em casa do bairro Lago Azul | Foto: Reprodução

    MANAUS - O Batalhão Ambiental da Polícia Militar (PM) atuou, na última terça-feira (4), no atendimento de uma denúncia grave de maus-tratos contra animais domésticos que estariam praticando canibalismo, em uma residência localizada na com unidade Nobre, bairro Lagoa Azul, zona Norte de Manaus.

    De acordo com o relato de testemunhas às autoridades, os animais famintos estariam devorando uns aos outros para sobreviverem, o que expõe a gravidade do caso. A triste cena chegou a ser gravada por um dos vizinhos do imóvel.

    Quando a PM chegou ao local, os responsáveis pelos animais, que não tiveram a identidade revelada, negaram as acusações e revelaram que o caso de canibalismo registrado no vídeo aconteceu apenas uma vez e que medidas foram tomadas para que o fato não se repita.

    Um Boletim de Ocorrência foi registrado e os suspeitos deverão prestar depoimento sobre o ocorrido. Se for confirmada a prática de maus-tratos, os tutores podem pegar até 5 anos de prisão.

     

    Ação do Batalhão Ambiental foi acompanhado pela deputada Joana Darc
    Ação do Batalhão Ambiental foi acompanhado pela deputada Joana Darc | Foto: Divulgação

    Quem acompanhou pessoalmente a ação da polícia foi a deputada Joana Darc (PL). Segundo a parlamentar, o caso não passará despercebido e será alvo de processo.

      “A gente vê aqui uma situação de animais que estão sendo privados de comer, de tomar água, e eles estão se matando de fome e os vizinhos estão denunciando. E isso não vai passar despercebido, existirá um processo. Não vamos deixar nenhum caso desse passar impune", afirmou.  

    Joana Darc levou ração para socorrer os animais e se comprometeu em disponibilizar assistência veterinária e castração para os animais que precisam, ela também reafirmou a importância de cuidar bem da fauna doméstica. “Um animal não pode ser tratado de qualquer jeito, e essa é uma responsabilidade do dono, do tutor. E se a pessoa não tem condições financeiras, tem que doar o animal e fazer o encaminhamento correto, mas não pode ficar maltratando.” declarou.

    Assista ao vídeo de cachorros praticando canibalismo:

    Capa do Vídeo
    | Autor:
     

    Denúncias

    Para denunciar maus-tratos contra animais, faça fotos e vídeos, anote a data, horário e local da ocorrência e procure a sede da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente (DEMA), localizada na rua Paul Adam S/N, conjunto Shangrilá, Parque Dez de Novembro. Ou se preferir, registre um Boletim de Ocorrência online através do site delegaciainterativa.am.gov.br

    *Com informações da assessoria. 

    Leia mais

    Policial mata cadela com filhotes durante operação no Maranhão

    PL de Joana Darc pune maus-tratos com multa de até R$ 50 mil

    PL que proíbe tatuagens e piercings em animais é aprovado no DF