Fonte: OpenWeather

    Fiscalização


    CIF realiza vistoria em 45 estabelecimentos de Manaus

    Delações referentes a estabelecimentos comerciais ou festas clandestinas, que descumprem decreto governamental ou apresentem outras irregularidades, podem ser feitas ao 190 ou ao 181

     

    | Foto: SSP-Am

    Manaus - No último fim de semana, os agentes da Central Integrada de Fiscalização (CIF) fecharam sete estabelecimentos que descumpriram o decreto governamental. Ainda durante as fiscalizações, quatro locais foram interditados pelos fiscais. Ao todo, 45 estabelecimentos foram vistoriados nas zonas norte, sul, centro-sul, oeste e centro-oeste de Manaus. 

      As vistorias foram realizadas entre a noite de sexta-feira (25) e a madrugada de domingo (27). Na sexta-feira, o estabelecimento “Diretoria Barbearia e Bar”, localizado na rua Arquiteto Renato Braga, bairro Parque Dez, zona centro-sul, foi autuado e interditado pelos agentes da Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus) e Corpo de Bombeiros do Amazonas (CBMAM).  


    No sábado (26), na zona centro-sul, o Corpo de Bombeiros encerrou as atividades do “Bar e Restaurante do Paulo”, localizado na rua das Flores, bairro Flores. De acordo com as equipes, o local não possuía licença e estava promovendo aglomeração. 

    Também no sábado, o “Bar e Restaurante Du Zé”, localizado na avenida Francisco Queiroz, bairro Colônia Santo Antônio, zona norte, foi orientado pelos fiscais e autuado por estar funcionando sem licença sanitária. As equipes da Visa Manaus realizaram o procedimento. 

      No domingo, os fiscais da CIF noturna encerraram uma Festa Junina que estava acontecendo na rua 05 de Setembro, bairro São Raimundo, zona oeste da capital.  


    Segundo os agentes, o evento não possuía autorização do fechamento da via. Já na CIF fluvial, os agentes realizaram a fiscalização em seis flutuantes. Conforme as equipes, todos os locais vistoriados cumpriam o decreto e receberam apenas orientações. 

    Ação conjunta 

    A CIF, coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), conta com apoio das polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, agentes do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Visa Manaus, Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) e Procon-AM. 

    Denúncias

    Delações referentes a estabelecimentos comerciais ou festas clandestinas, que descumprem decreto governamental ou apresentem outras irregularidades, podem ser feitas ao 190 ou ao 181, o disque-denúncia da SSP-AM.


    *Com informações da assessoria

    Leia Mais

    Em Manaus, seis estabelecimentos são fechados por descumprir decreto

    Vacinação já alcançou mais de 5 mil servidores da segurança pública 

    Festas clandestinas em sítio são encerradas em Manaus; veja vídeo