Fonte: OpenWeather

    Drogas apreendidas


    Cocaína avaliada em mais de R$ 5,3 milhões é apreendida em Manaus

    A operação ocorreu em uma área conhecida como Lago do Macaco, no bairro Puraquequara, na Zona Leste de Manaus

     

    Na primeira fase da Operação foram apreendidas 1,2 toneladas de drogas avaliadas em R$ 18 milhões
    Na primeira fase da Operação foram apreendidas 1,2 toneladas de drogas avaliadas em R$ 18 milhões | Foto: Suyanne Lima

    Manaus - Operações em combate ao tráfico de drogas e crime organizado no Amazonas são realizadas de forma estratégica e, na grande maioria, com resultados para a sociedade amazonense. 

    Durante a segunda fase da Operação "Jatuarana" deflagrada pela Polícia Civil na manhã de segunda-feira (28), foram apreendidos 354 kg de cocaína avaliados em R$ 5,3 milhões de reais.

    A operação ocorreu em uma área conhecida como Lago do Macaco, no bairro Puraquequara, na Zona Leste de Manaus. Na última sexta-feira (25), na primeira fase da Operação foram apreendidas 1,2 toneladas de drogas avaliadas em R$ 18 milhões.

    "

    Essa segunda fase da operação apontou que traficantes haviam se desfeito de parte de carga de drogas. Voltamos a localidade e fechamos o perímetro para a atuação das demais equipes. As drogas estavam enterrada em uma área de igapó que tinha muitas raízes e galhos. Foi um trabalho excepcional dos bombeiros que mergulharam para retirarem esse material ilícito que tanto contribui para criminalidade em Manaus "

    Juan Valério, Grupo Fera

     

    A autoridade destacou que ação policial causou grande prejuízo para o crime organizado e mais investigações estão em curso para continuar combatendo o tráfico de drogas

      O material apreendido foi levado para a base do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), no bairro Compensa, na Zona Oeste, onde serão adotados os procedimentos cabíveis.  

    A investigação foi realizada pelo Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO). Também participaram equipes do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), Delegacia Fluvial (Deflu), Departamento Integrado de Operações Aéreas (Dioa), Comando de Operações Especiais da Polícia Militar (COE), Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBM-AM), Batalhão de Polícia Ambiental e 28° Distrito Integrado de Polícia (DIP).

    Veja a transmissão :


    | Autor:
     

    Prejuízo ao crime

    Policiais da Base Arpão apreenderam mais de sete quilos de maconha e pasta base de cocaína em uma embarcação no município de Coari (a 363 quilômetros de Manaus), no mês de abril deste ano. A apreensão representa um prejuízo de R$ 90 mil ao crime organizado. 

    As drogas estavam escondidas em um aparelho de ar-condicionado, aparelhos micro-ondas e TV. A cadela Jade da Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPcães), as equipes localizaram as drogas. Após verificarem as câmeras de segurança, as equipes identificaram um homem entregando as encomendas, ainda no município de Tefé. 

    Audácia de criminosos

    No mesmo mês, policiais da Base Fluvial Arpão apreenderam 1,5 quilos de cocaína escondidos dentro de um tambaqui congelado. A encomenda foi despachada no município de Fonte Boa, na região do Médio Solimões, e tinha como destino final a capital amazonense.

    A droga foi localizada com a ajuda da cadela policial Zoe, da Companhia Independente de Policiamento com Cães (Cipcães), da Polícia Militar. O prejuízo ao crime com interceptação é da ordem de R$ 20 mil.

    Leia mais:

    Operação segue em busca de PMs envolvidos com tráfico de drogas no AM 

    PF faz operação em Manaus contra o tráfico internacional de drogas