Fonte: OpenWeather

    Homicídio


    Ajudante de pedreiro é morto com 4 tiros enquanto dormia em Manaus

    A vítima foi executada na frente da família

     

    O crime ainda é um mistério para amigos e vizinhos
    O crime ainda é um mistério para amigos e vizinhos | Foto: Divulgação

    Manaus - Surpreendido por um pistoleiro dentro da própria casa, o ajudante de pedreiro Ranildo Vieira Braga, de 45 anos, foi executado com, pelo menos, quatros tiros nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (1º), em Manaus. 

    A vítima morava com a família no beco Brasil, no bairro Santo Agostinho, na Zona Oeste da capital. Conforme a polícia, todos dormiam quando o imóvel foi invadido pelo assassino.

    O crime ainda é um mistério para amigos e vizinhos da vítima que não sabem o que pode ter motivado o ataque criminoso. 

    Testemunhas relataram à polícia que por volta das 6h um suspeito, ainda não identificado, entrou na casa da família de Ranildo e efetuou os tiros contra ele, que morreu na hora. 

     

    O crime ainda é um mistério para amigos e vizinhos
    O crime ainda é um mistério para amigos e vizinhos | Foto: Divulgação


    "

    A vítima e os familiares estavam dormindo quando os disparos foram efetuados. A família afirma que não há motivo nenhum para morte. O filho que foi a testemunha que presenciou o crime e está muito abalado. A partir de agora vamos ouvir mais testemunhas e investigar o que pode ter motivado o crime "

    declarou o delegado Gustavo Cerqueira, que acompanhou a ocorrência.

     

    O corpo de Ranildo foi removido pela equipe do Instituto Médico Legal (IML) e deve passar por exame necroscópico. O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

    Leia mais 

    PM promove carnificina após morte de sargento no AM, diz jornal

    Ex-policial militar é preso no RJ por matar universitário em Manaus

    Adolescente de 16 anos é baleado por criminosos na Feira da Panair