Fonte: OpenWeather

    Estelionato


    Homem é preso por desviar R$ 100 mil da compra de oxigênio no AM

    O homem fazia anúncio nas redes sociais pedindo doações para compra de oxigênio, no entanto, desviava os valores para gasto pessoal

     

    | Foto: Divulgação

    MANAUS - Após investigação da equipe da Delegacia Especializada em Combate à Corrupção (Deccor), César Mirabel da Silva, de 33 anos, foi preso em cumprimento a mandado de prisão por estelionato.

    Ele é suspeito de desviar R$ 100 mil que seriam destinados a uma Organização Não Governamental (ONG), responsável por doações de cilindros de oxigênio durante o pico da pandemia no Amazonas. 

    Conforme o delegado Guilherme Torres, titular da Deccor, a prisão do suspeito aconteceu na quinta-feira (22), no bairro Santa Etelvina, na Zona Norte. O homem fazia anúncio nas redes sociais pedindo doações para compra de oxigênio, no entanto, desviava os valores para gasto pessoal.

    "O suspeito se apresentava como "Júlio César Ferrezo" e ainda chegou a entrar numa comunidade de várias ONGs, que haviam assinado um termo para intermediar as doações de oxigênio para o Amazonas. Ele tentou roubar cerca de R$ 2 milhões, mas no final conseguiu desviar R$ 100 mil. Ele começou a ostentar uma vida de luxo nas redes sociais que não condizia com o padrão de vida dele", destacou o delegado. 

    O suspeito já tinha trabalhos filantrópicos anteriores, mas ao conseguir grandes recursos acabou desviando os valores. Ele informava aos doadores que o titular da conta bancária onde eram feitos os depósitos pertenciam ao tesoureiro da ONG, que na verdade era ele próprio. 

    O mandado de prisão foi expedido no dia 19 de julho pela juíza Lídia de Abreu Carvalho Frota, do Plantão de Inquéritos. 

    César foi indiciado por estelionato. Após os procedimentos cabíveis, ele ficará à disposição da Justiça na Central de Recebimento e Triagem (CRT) no quilômetro oito da rodovia federal BR-174.

    Leia mais:

    Empresa é interditada por vender oxigênio medicinal ilegal em Manaus

    Governo do AM diz que White Martins não alertou falta de oxigênio

    Mayra diz não ter recebido informações sobre falta de oxigênio no AM