Fonte: OpenWeather

    Violência


    Baleados e esfaqueados dão entrada em hospitais de Manaus

    Foram quatro registros de ferimentos violentos, sendo duas pessoas feridas por arma de fogo e duas por arma branca

     

    | Foto: Suyanne Lima

    MANAUS - Quatro ocorrências envolvendo baleados e esfaqueados foram registradas na noite de segunda-feira (26), em Manaus. Os casos foram encaminhados para unidades hospitalares da cidade.

    O primeiro caso ocorreu por volta das 18h, quando Waldecy D. S. N. D. A., de 53 anos, foi baleado no abdômen. Conforme a Polícia Militar, o homem foi vítima de um assalto e criminosos efetuaram um tiro contra Waldecy.  O crime ocorreu na rua Igarapé Beija Flor, no bairro Armando Mendes, na Zona Leste.

    Ele foi socorrido e encaminhado ao Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, na Zona Leste de Manaus, onde recebeu atendimento médico.  Não há informações sobre o estado de saúde dele. 

    Já por volta das 20h29, Gabriel A. D. C, de 22 anos, foi atingido com um tiro de raspão no nariz. O crime aconteceu na rua Novo Paraíso, no bairro Tarumã, na Zona Oeste. 

    O homem foi socorrido e também levado ao Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio. A Polícia constatou que ele já possui passagem criminal por roubo e posse de entorpecente para consumo pessoal. As circunstâncias do caso serão investigadas pela Polícia Civil.  

    Já na rua 52, do bairro Novo Aleixo, na Zona Norte, bairro onde frequentemente são registrados ataques motivados por disputa entre facções criminosas, Gabriel H. C. T, de 21 anos, e Matheus S. B, de 19 anos, foram esfaqueados.

    O caso foi atendido por policiais militares da 27ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). Gabriel foi atingido nas costas e no peito e Matheus teve uma perfuração também no peito. 

    Os dois foram socorridos e levados ao Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, na Zona Leste. Maiores detalhes das circunstâncias do ataque não foram repassadas aos policiais. 

    Gabriel já tem passagem pela polícia por roubo e Matheus por porte irregular de arma de fogo.  Não há informações sobre o estado de saúde deles. 

    Os ataques serão investigados para identificar a motivação e autoria dos crimes. 

    Leia mais:

    Vídeo mostra policial sendo agredido até a morte em conveniência

    Menino de 13 anos é surpreendido por criminosos e morto com 14 tiros

    Ataque criminoso deixa dois mortos e quatro baleados em Cacau Pirêra