Fonte: OpenWeather

    Pedofilia


    Em Manacapuru, padrasto é preso por estupro de vulnerável

    A Polícia Civil do Amazonas cumpriu mandado de prisão preventiva para o homem de 37 anos, por estupro da própria enteada de apenas 11 anos

     

     

    Encaminhado à DEP, o homem responderá pelo crime de estupro de vulnerável. Ele permanecerá custodiado à disposição da Justiça
    Encaminhado à DEP, o homem responderá pelo crime de estupro de vulnerável. Ele permanecerá custodiado à disposição da Justiça | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - Na manhã deste sábado (28), a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus), cumpriu mandado de prisão preventiva em nome de um homem de 37 anos, no Residencial Manacapuru, na estrada de Novo Airão, pelo crime de estupro de vulnerável, praticado contra a própria enteada de 11 anos.

      Segundo a delegada Roberta Merly, titular da DEP, a vítima contou a uma vizinha sobre os abusos. A mulher informou a situação à mãe da criança, que imediatamente compareceu à sede da delegacia para registrar a ocorrência. Diante do registro, as investigações em torno do caso foram iniciadas.  

    “Durante  as diligências, foi constatado que os abusos vinham ocorrendo desde março deste ano, na casa da vítima. Ouvimos a menina, e ela foi encaminhada à uma unidade hospitalar para receber atendimento médico e psicossocial”, informou a titular.

    O mandado de prisão preventiva em nome do padrasto foi expedido pelo juiz David Nicollas Vieira Lins, do Plantão Criminal.

    *Com informações da PC-AM

    Leia mais: 

    Corpo com rosto deformado por pedradas é achado em área da Ufam

    Líder do PCC foge da prisão domiciliar em Manaus