Fonte: OpenWeather

    Assassinato


    Em Manaus, homem é morto a tiros em frente ao filho

    Conhecido como "Buiú", a vítima tinha 34 anos. Testemunhas suspeitam que o crime tenha ligação com o tráfico de drogas

     

    A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) irá investigar o caso.
    A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) irá investigar o caso. | Foto: Reprodução


    Manaus (AM) - Com quatro tiros, Jackson Gomes Moreira, o “Buiú”, de 34 anos, morreu na frente do filho de 4 anos. O crime aconteceu na noite desta sexta-feira (10), na rua Couto do Vale, bairro Petrópolis, zona sul de Manaus. 

      Conforme relatado por testemunhas, Jackson estava caminhando com o filho no colo pela rua, quando foi surpreendido por dois homens em uma moto, que pediram para ele largar a criança. Após assim fazer, Jackson foi surpreendido por disparos de arma de fogo e não resistiu aos ferimentos. Ele morreu no local.  

    De acordo com o relatório do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), o irmão da vítima foi até o 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP) para fazer o Boletim de Ocorrência sobre o homicídio. 


     

    O crime aconteceu na noite desta sexta-feira (10), na rua Couto do Vale, bairro Petrópolis, zona sul de Manaus.
    O crime aconteceu na noite desta sexta-feira (10), na rua Couto do Vale, bairro Petrópolis, zona sul de Manaus. | Foto: Reprodução


    Ainda não se tem certeza sobre a causa do crime. No entanto, testemunhas acreditam que a fatalidade possa ter ligação com o tráfico de drogas. O Instituto Médico Legal (IML) esteve no local para remover o corpo, e a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) irá investigar o caso. 

    Leia mais:

    II Marcha das Mulheres mobiliza 5 mil indígenas em Brasília

    Jovem é assassinada a tiros dentro de loja no Cidade de Deus

    Aleam recorre contra suspensão de CPI da AM Energia