Fonte: OpenWeather

    Operação Policial


    Operação 'The Fake Bitcoin' prende cinco no Amazonas

    Eles atuavam no tráfico de drogas naquele município

     

    Os suspeitos alegaram que ganhavam dinheiro com criptomoedas
    Os suspeitos alegaram que ganhavam dinheiro com criptomoedas | Foto: Reprodução

    Carauari (AM) - Após a Operação The Fake Bitcoin, deflagrada por meio da 65ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Carauari (a 788 quilômetros de Manaus), em ação conjunta com a Polícia Militar do Amazonas (PMAM) e da Guarda Civil Municipal (GCM), nesta quarta-feira (22), cinco pessoas que fazem parte de um grupo criminoso que atuava no tráfico de drogas, naquela localidade, foram presas. 

    Foram presos em flagrante Acrisio Oliveira Lima, 21; Antônio Francisco Oliveira de Lima, 23; Gleice Oliveira Lima, 25; Raimunda da Cruz Forte de Oliveira, 40; e Sebastião de Lima e Lima, 57, por tráfico e associação para o tráfico.

    De acordo com o investigador de polícia Emerson Cardoso, gestor da 65ª DIP, a operação foi deflagrada após denúncias anônimas serem recebidas pelas equipes policiais, informando a atuação do grupo na comercialização das substâncias entorpecentes. 

    “Nós nos deslocamos até o endereço de duas casas onde os indivíduos estavam, ao notarem a presença das nossas equipes policiais, os cinco infratores tentaram fugir, porém foram presos com uma pequena quantidade de drogas”, contou o gestor. 

    Ainda segundo Cardoso, após a prisão, os indivíduos conduziram os policiais para um outro local, onde estavam armazenados uma grande quantidade de entorpecentes, como cocaína e pasta base da mesma substância e seis quilos de maconha do tipo skunk. Também foram apreendidos uma motocicleta da marca Honda, seis smartphones, um relógio e uma bateria portátil. 

    Operação The Fake Bitcoin 

    O gestor esclareceu que a operação recebeu esse nome pelo fato dos infratores alegarem que eles ganhavam dinheiro com criptomoedas, porém, foi constatado que os valores eram decorrentes do tráfico. 

    Procedimentos 

    Todos foram encaminhados para a 65ª DIP, onde ficarão custodiados, à disposição do Poder Judiciário.]

    *Com informações da assessoria

    Leia Mais

     

    | Foto: Reprodução


    Comentários