Fonte: OpenWeather

    Torturada


    Mulher é torturada e assassinada em ramal no Iranduba

    A mulher estava com as mãos e pés amarrados e com sinais de tortura

     

    Local onde o corpo foi encontrado
    Local onde o corpo foi encontrado | Foto: Divulgação/Yure Menezes

    Iranduba (AM) - Um corpo do sexo feminino foi encontrado no quilômetro 14 do ramal do Japonês, situado na rodovia estadual AM-010, no município de Iranduba (distante 27 quilômetro em linha reta da capital). O caso ocorreu na noite de quarta-feira (13).

    Conforme a Polícia Militar, a mulher estava com as mãos e pés amarrados e bastante machucada apresentando sinais de tortura. A vítima não foi identificada e foi encontrada pela população que passava no local. 

    A área do encontro de cadáver foi isolada pela polícia e as demais equipes competentes foram acionadas para os procedimentos cabíveis. 

    As equipes do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) e Instituto do Médico Legal (IML)  estiveram na localidade e o corpo da vítima foi removido e encaminhado para exame necroscópico.  

    No relatório do IML, a causa da morte ainda é indeterminada e será definida após o resultado do exame. O caso será investigado pela Polícia Civil do Amazonas.

    Nos últimos dias, Iranduba está sendo palco de diversos assassinatos. Na terça-feira (12), feriado de Nossa Senhora de Aparecida, Luiz Henrique, de 24 anos, foi morto com tiros na cabeça, no bairro Novo Amanhecer, na sede do município.

    Leia mais:

    Jovem de 19 anos é assassinado a tiros em via pública na Zona Leste

    Dois são baleados enquanto jogavam dama na Compensa

    Homem é preso ao traficar drogas no bairro São José, em Manaus