Fonte: OpenWeather

    Execução


    Mulher é executada com tiros na nuca em área de mata na Zona Leste

    O crime pode se tratar de acerto de contas relacionado ao tráfico de drogas

    Conforme o delegado Fábio Silva da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), a vítima foi morta com dois tiros na nuca | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - De forma cruel, uma mulher identificada como Gisele Avelar Silva, de 35 anos, foi assassinada a tiros na tarde desta terça-feira (26) e encontrada jogada em uma área de mata localizada nas proximidades da rua Paraguaçu, bairro São José Operário, Zona Leste de Manaus. A polícia trabalha com a hipótese de acerto de contas relacionado ao tráfico de drogas. 

      Conforme o delegado Fábio Silva da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), a vítima foi morta com dois tiros na nuca em um local utilizado para consumo de entorpecentes. "A perícia vai ser essencial para analisar esse local do crime e nos ajudar a chegar até indícios da autoria", relatou o delegado.  

    A companheira de Gisele, uma mulher que não teve o nome revelado, chegou ao local de crime muito abalada emocionalmente e chorou pela morte da vítima. Aos policiais militares da 9ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), ela afirmou que criminosos invadiram a casa onde Gisele morava e a sequestraram. Horas depois, chegou apenas a notícia da morte cruel dela. A vítima já teve envolvimento com tráfico, segundo os familiares, mas havia saído do mundo do crime. 

    O local foi analisado por equipes do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) e o corpo da vítima foi removido pela equipe do Instituto Médico Legal (IML). Após passar por exame necroscópico, deve ser liberado aos familiares para velório e sepultamento. 

    Leia Mais

    Homem é brutalmente assassinado com 13 tiros na Zona Oeste de Manaus

    Homem morre após levar três tiros no bairro Novo Aleixo

    Dois homens são mortos em suposto acerto de contas em Manaus