Fonte: OpenWeather

    Prisão


    Suspeito de mandar matar colega por dívida é preso em Manaus

    Segundo a polícia, o mandante do homicídio teria uma dívida de R$20 mil com a vítima

     

     O assassinato ocorreu em junho deste ano, no bairro Planalto, Zona Centro-Oeste.
    O assassinato ocorreu em junho deste ano, no bairro Planalto, Zona Centro-Oeste. | Foto: Reprodução/ Jander Robson

    MANAUS (AM) - Apontado como mandante do assassinato de Reginaldo Ferreira da Silva, de 44 anos, um homem identificado como Alex Lima Braga, foi preso nesta quinta-feira (18), no bairro Lírio do Vale, na Zona Oeste de Manaus, em cumprimento de mandado de prisão preventiva.

    Segundo as investigações que apuram o caso, o crime teria sido motivado por causa de uma dívida de R$20 mil que o autor teria com a vítima. O homicídio ocorreu em junho deste ano, no bairro Planalto, Zona Centro-Oeste.

    O delegado Márcio André, adjunto da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), explicou que no dia do crime, duas pessoas que estavam em uma motocicleta foram ao encontro da vítima, e iniciaram uma discussão, que terminou com a morte de Alex a tiros. Após o assassinato, os suspeitos fugiram. 

    "

    Reginaldo tinha emprestado R$40 mil de Alex, mas pagou apenas R$20 mil e desde então estava sendo cobrado pela vítima. Essas cobranças acabaram levando ao planejamento do crime. Os dois já se conheciam há algum tempo, tinham trabalhado como motoristas juntos em uma empresa, por isso a confiança e o empréstimo. A vítima realizava esse tipo de negociação mediante ao pagamento de juros "

    , disse o delegado.

     

    Em depoimento, Reginaldo não confessou a participação no crime. Ele irá responder por homicídio e irá ficar à disposição da Justiça na Central de Recebimento e Triagem no quilômetro oito da rodovia federal BR-174.

    Leia mais

    Mulher é baleada e morre após cinco dias internada em Manaus

    Mãe é presa por torturar a própria filha de 1 ano em BH

    Só em 2021, Polícia Militar já recebeu mais de 13 mil trotes no AM