Fonte: OpenWeather

    Suposto latrocínio


    Homem é morto a tiros ao sair para comprar pão no Tarumã, em Manaus

    Há a suspeita de latrocínio (roubo seguido de morte). A vítima era ex usuário de drogas, conforme a polícia

     

    A vítima era ex usuário de drogas, conforme a polícia
    A vítima era ex usuário de drogas, conforme a polícia | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - Mais uma morte violenta foi registrada na capital amazonense na manhã desta sexta-feira (26). Desta vez, o caso aconteceu na rua Silse, da comunidade das Luzes, no bairro Tarumã, na Zona Oeste de Manaus, e teve como vítima Ailton Santos da Silva, de 25 anos. 

    Conforme a Polícia Militar, testemunhas relataram que o homem tinha saído para comprar pão, quando foi abordado por criminosos que chegaram a pé. 

    Ailton, que é morador da área, foi alvejado a tiros e os suspeitos levaram o dinheiro, aparelho celular e a sandália dele. Há a suspeita de latrocínio (roubo seguido de morte).  A vítima era ex usuário de drogas, conforme a polícia.

    Policiais da 20ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionados para atenderem a ocorrência e isolaram o local do crime. Até o momento os suspeitos não foram identificados. 

    O corpo de Ailton vai passar por perícia e será encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passará por exame necroscópico.  

    Policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) devem ouvir testemunhas para ajudar a esclarecer as circunstâncias do crime.

    Outro corpo no Lírio do Vale

    Também na zona Oeste, pela manhã desta sexta, um corpo foi encontrado em uma área de mata do Conjunto Augusto Montenegro, localizado no bairro Lírio do Vale. Até o momento, a hipótese é de que o homem foi espancado até a morte, mas a informação ainda deve ser confirmada pela polícia

    Leia mais:

    Guerra entre facções deixa mais morto em rip-rap na Compensa

    Vídeo: suspeito de matar esposa na frente dos filhos é preso no AM

    Corpo de homem é encontrado com sinais de tortura no Aliança com Deus