Fonte: OpenWeather

    Denúncia


    Alunas denunciam professor por assédio sexual em escola de Manaus

    Uma manifestação reuniu dezenas de alunos com cartazes pedindo justiça

     

    Os alunos realizaram uma manifestação nesta quarta-feira (1º)
    Os alunos realizaram uma manifestação nesta quarta-feira (1º) | Foto: Suyanne Lima

    Manaus (AM) - Alunos da Escola Estadual André Vidal de Araújo, localizada no bairro Cidade Nova, na zona Norte de Manaus, realizaram uma manifestação, na manhã desta quarta-feira (1°), para denunciarem um suposto assédio sexual praticado por um professor de matemática contra alunas do terceiro ano do ensino médio. 

    Conforme uma das denunciantes, a estudante Raquel Castro, de 18 anos, o professor chegou a levá-la para a biblioteca e afirmou que se ela enviasse fotos nuas para ele, teria aumento na nota. 

    "Não só eu, como uma colega de sala também passou por isso. Eram várias mensagens comentando sobre os nossos corpos, que a farda escondia muita coisa e etc. Levamos o caso à diretoria da escola e eles queriam resolver tudo internamente", relatou a aluna. 

     

    | Foto: Suyanne Lima

    O professor, segundo relato das vítimas, já foi afastado da escola. No entanto, o pedido dos alunos é que ele seja exonerado e não possa atuar na educação pública. 

    "Divulgamos o caso em redes sociais e descobrimos que há outras vítimas. Elas afirmaram que já haviam notificado a diretoria, mas nenhuma providência foi tomada. Precisamos que a Justiça seja feita", destacou a aluna. 

    Com cartazes, vários alunos da escola apoiaram as denunciantes. A Polícia Militar acompanhou a manifestação.  Conforme as alunas, o caso será registrado no 6° Distrito Integrado de Polícia (DIP).

    Em nota, a Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc) informou que recebeu a denúncia da aluna na terça-feira (30).

    "O professor denunciado foi afastado e será aberto um processo administrativo para apurar o ocorrido. A Secretaria de Educação reforça que todas as equipes gestoras estão orientadas sobre a necessidade de afastamento imediato dos envolvidos, além de orientar o apoio e escuta às denúncias das possíveis vítimas", diz a nota.

    Veja a live feita no local 

    Alunas denunciam assédio de professor em escola na Cidade Nova | Autor: Portal Em Tempo
     

    Leia mais:

    Funcionário é demitido após chamar colega de trabalho para transar

    FVS-AM alerta sobre prevenção a casos de exploração sexual de crianças

    Passageiro tenta se masturbar dentro de ônibus e acaba preso em Manaus