Fonte: OpenWeather

    Baleado


    Com “peixeira”, homem tenta invadir escola e acaba baleado em Manaus

    Ele levou um tiro após desobedecer a ordem do vigilante que o pediu para que se retirasse

     

    Os policiais foram ao local, onde encontraram um indivíduo, que havia invadido as dependências da unidade educacional
    Os policiais foram ao local, onde encontraram um indivíduo, que havia invadido as dependências da unidade educacional | Foto: Reprodução

    Manaus (AM)- Na manhã deste sábado (4), um homem de 32 anos tentou invadir uma unidade federal de educação, localizada na avenida Cosme Ferreira, no bairro São José Operário, zona Leste da capital. 

    Policiais militares da 4ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) informaram que na ação, o suspeito que tentou invadir a unidade, foi alvejado com um disparo de arma de fogo, mas não corre risco de morte.

    Os policiais foram ao local, onde encontraram um indivíduo, que havia invadido as dependências da unidade educacional, mas ignorou as ordens do vigilante, partindo na sua direção para agredi-lo com uma arma branca tipo faca peixeira.

      Nesse instante, segundo o profissional, foi ordenado que ele parasse, mas na negativa do suspeito, efetuou um disparo contra o agressor, alvejando-o na perna e cessando a injusta agressão.  

    O Serviço Móvel de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) foi acionado, realizando os primeiros socorros ao indivíduo, que foi levado para o Hospital e Pronto Socorro Dr. Platão Araújo, onde ficou na custódia da unidade.

    No local, o gerente da empresa de segurança responsável pela unidade, comprometeu-se a levar o autor do disparo ao 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP) para o registro da ocorrência.

    A Polícia Militar orienta a população que, ao tomar conhecimento de ações criminosas, informe imediatamente por meio do disque-denúncia 181, ou do 190.

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais:

    Mulher é assassinada a facadas e tem lábios arrancados pelo marido 

    Empresária é salva de estupro após pedir socorro

    Homem tenta matar esposa a facadas após ouvir: "Desça daí seu corno"