Fonte: OpenWeather

    Maus-tratos


    "Criança de 9 anos dormia acorrentada todos os dias", diz PC do AM

    O pai e a madrasta foram presos pela Polícia Civil

     

    | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - Após uma denúncia anônima, policiais civis da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) tomaram conhecimento que uma criança de nove anos estava sendo torturada pelo pai e pela madrasta. O menino dormia acorrentado todos os dias. A prisão ocorreu na segunda-feira (6) no bairro Gilberto Mestrinho, na Zona Leste. 

    Conforme a delegada Joyce Coelho, titular da especializada, o pai é um homem de 32 anos e a madrasta uma mulher de 23 anos. A criança sofreu muitas agressões físicas e tinha um canto na casa onde dormia acorrentada.

    "Além do menino de nove anos, moravam na casa uma criança de oito anos, filho somente da madrasta, e uma menina de dois anos, filha do casal. Apenas o menino era torturado. Ele morava com o pai há quatro anos após ser abandonado pela mãe. Na escola ele não contava nada para ninguém por medo de apanhar em casa", explicou a autoridade policial.

    O menino foi encaminhado a um abrigo institucional e recebeu atendimento psicológico.  As outras duas crianças estão sob os cuidados de uma avó. 

    O casal irá responder pelo crime de tortura e serão encaminhados à audiência de custódia na Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.

    Leia mais:

    Pai é preso por acorrentar e torturar criança de 9 anos em Manaus

    Em Manaus, criança grávida do padrasto diz que era abusada há 2 anos

    Bebê recém-nascido é encontrado dentro de carro abandonado em Manaus