Fonte: OpenWeather

    Possível retaliação


    Vídeos: presidente de associação é assassinado a tiros em Humaitá

    A vítima realizava várias denúncias contra políticos por meio da associação e a polícia desconfia que o crime seja uma retaliação pelas delações

     

    | Foto: Divulgação

    Humaitá (AM) - Após ser surpreendido por um "pistoleiro", o presidente da Associação Transparência Humaitá, Emerson Jorge Auler, foi morto a tiros na porta da casa onde morava, localizada no bairro São Pedro, no município de Humaitá (distante 590 quilômetros da capital). A chegada e fuga do suspeito foi flagrada por câmeras de segurança. 

    Testemunhas afirmaram que o homem chegou, efetuou, pelo menos, três tiros e fugiu do lugar. Haviam pessoas no estabelecimento ao lado do lugar e correram ao ouvirem os tiros. 

    Emerson além de ser presidente da associação, também é irmão de um ex-vereador da cidade. 

    Pessoas correm ao ouvirem os tiros 

    Capa do Vídeo
    | Autor: Divulgação
     

    A vítima  realizava várias denúncias contra políticos por meio da associação e a polícia desconfia que o crime seja uma retaliação pelas delações. 

    O corpo dele foi levado para o necrotério da cidade, onde foram adotados os procedimentos cabíveis.  O caso será investigado pela Polícia Civil. Até o momento o suspeito não foi identificado.

    Desespero após a vítima ser atingida 

    Capa do Vídeo
    | Autor: Divulgação
     

    Leia mais:

    Homem é encontrado morto com sinais de tortura em terreno da Ufam

    Mulher é torturada, estuprada e morta pelo tribunal do crime em Manaus

    Vídeo: casal é morto a tiros na madrugada desta quarta em Manaus