Fonte: OpenWeather

    Sequestro


    Lutador de MMA é preso por sequestro em Manaus

    Klinger Pinheiro chegou a ser campeão peso galo do Jungle Fight. Ele foi preso na última quarta-feira (12), suspeito de envolvimento no sequestro de dois homens

     

    | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - O lutador de MMA Klinger Pinheiro Ferreira, conhecido na capital amazonense como “Klinger do Boxe”, foi preso na última quarta-feira (12), suspeito de envolvimento no sequestro de dois homens, de 26 e 35 anos, no bairro Lírio do Vale, zona Oeste de Manaus.

    As vítimas estavam realizando uma entrega de um sofá na localidade, quando foram abordados por Klinger e outros sequestradores.

    Klinger e mais um suspeito, identificado como Sandro Assam Salazar, foram presos no bairro Tarumã. Os outros dois suspeitos de envolvimento no crime conseguiram fugir do local.

    O crime

    No momento da ação, os suspeitos, que estavam em dois veículos de modelos Ônix e Voyage, se passaram por policiais e renderam as três vítimas, colocando-as em um dos carros. Ao notarem que uma delas se tratava de um jovem com síndrome de down, resolveram liberá-lo.

    Após ser liberado, o jovem entrou imediatamente em contato com o pai informando sobre o ocorrido. Após contatar a polícia, as forças utilizaram imagens de câmeras de segurança para encontrar os criminosos.

    “Eu fabrico sofá e eles vendem. O indivíduo ligou e pediu o sofá, ele depositou metade do valor. Chegando lá (endereço indicado), eles saíram do carro com fuzil, metralhadora e tudo. A partir daí o meu filho, que é especial, me ligou. Ele estava com o telefone escondido e disse que os bandidos tinham levado os irmãos dele”, explicou o pai das vítimas.

    De acordo com informações da família, os sequestradores pediram o valor de R$40 mil para liberarem os irmãos. Eles chegaram a realizar transferências bancárias, o valor final do prejuízo ficou estimado em R$10 mil reais.

    Os irmãos estavam sendo mantidos em cativeiro no Campos Sales, bairro Tarumã, zona Oeste, onde foram amarrados e tiveram as mãos mutiladas pelos criminosos.

    Os envolvidos foram apresentados no 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

    Histórico do lutador

    Klinger Pinheiro é um lutador amazonense, conhecido em Manaus como “Klinger do Boxe”. Ele começou a praticar jiu-jitsu e, há pouco mais de uma década, ingressou no MMA (Mixed Martial Arts). Sua estreia como lutador foi em 2014, onde começou a colecionar inúmeras vitórias. Em 2020, ele foi campeão do Jungle Fight Manaus, na categoria até 60 kg (peso galo).

    No ano em que conquistou o cinturão, Klinger disponibilizou uma entrevista falando sobre as dificuldades enfrentadas na carreira como lutador, durante a paralisação que ocorreu devido a pandemia de Covid-19.

    “É um momento extremamente difícil. Sem precedentes pra mim. Estava esperando essa oportunidade para defender meu cinturão e aconteceu essa situação aí no mundo todo. Não podemos treinar com nossos amigos, fazer uma preparação física boa. Isso está abalando todos do MMA. Pra falar a verdade agora , eu não tenho, ainda recebo um pouco de ajuda dos patrocinadores e do meu pai”, revelou ele na época.  

    Leia mais: 

    Homens são presos pela Rocam com armas em Manaus 

    Homem é condenado a 28 anos de prisão por estuprar enteada 

    Na AM-010, 35 sacos de carvão vegetal ilegal são apreendidos