Cuidado


Babá é presa por pedofilia após gravar vídeo de bebê sem roupas

Namorado da babá também foi preso sob acusação de ter comprado os vídeos

A Polícia Civil também prendeu o namorado da suspeita, sob a acusação de ter comprado os vídeos | Foto: Reprodução

Manaus - Uma babá foi presa por suspeita de pedofilia em Canoas, no Rio Grande do Sul. A mulher, que não teve a identidade revelada, fazia vídeos de uma bebê, de apenas 10 meses, sem roupas. A mãe da criança notou uma mudança no comportamento da filha e, após desconfiar da babá, conseguiu flagrá-la fazendo os vídeos. A Polícia Civil também prendeu o namorado da suspeita, sob a acusação de ter comprado os vídeos.

“Comecei a desconfiar quando a minha filha passou a chorar no momento em que ela chegava na porta da minha casa. Eu entrei no banheiro, liguei o chuveiro. Aí, eu saí do banheiro, bem devagarinho, pé por pé, cheguei na porta do quarto e ela estava filmando a minha filha”, disse a mulher, que também não quis se identificar.

A contratação foi feita após um anúncio no condomínio onde a família reside. Após o flagra, a mãe procurou a polícia e denunciou a babá. O delegado Pablo Rocha, responsável pela inquérito policial, acredita que outras pessoas possam ter sido vítimas da mesma mulher — que teria confessado o crime e está presa preventivamente —, pois a suspeita trabalhava em outras casas.

"O que se pode afirmar é que havia o planejamento ou pelo menos a ideia da prática de atos concretos com crianças", declarou o delegado. Segundo a confissão feita pela babá, ela e o namorado consumiriam os vídeos.

Leia mais

Homem é preso por agredir a ex-companheira a socos em Manacapuru

Quarteto é detido com três armas de fogo e drogas na Zona Norte

Retrato falado de possível maníaco sexual de Apuí é divulgado