Investigação


Vídeo mostra suspeito de matar manauara no Rio Grande do Sul

O crime ocorreu no dia 24 de setembro em um apartamento, localizado na área central de Gramado, no Rio Grande do Sul

A suspeita é que o crime tenha sido um latrocínio, roubo seguido de morte
A suspeita é que o crime tenha sido um latrocínio, roubo seguido de morte | Foto: Em Tempo

Após três semanas, a Polícia Civil do Rio Grande do Sul divulgou, na última quarta-feira (14), imagens do principal suspeito de envolvimento na morte de Dayena Chayena Nunes da Silva, de 29 anos. O crime ocorreu no dia 24 de setembro em um apartamento localizado na área central de Gramado.

Qualquer informação sobre o homem que aparece nas imagens poderá ser repassada aos seguintes telefones: (54) 98408.9364; (54) 99196.8092; (54)3286.2300 e (54) 32864299 ou 197. As informações serão mantidas anônimas. 

Veja a ação do suspeito 

| Autor: EM TEMPO
 

O crime

A vítima era amazonense e atuava como garota de programa. Testemunhas afirmaram à polícia que Deyna havia marcado um encontro com um rapaz desconhecido, por volta das 19h30, via WhatsApp. 

Deyna havia enviado uma mensagem às amigas, por volta das 19h30, dizendo que o rapaz era estranho e que tinha "cara de malandro". Após alguns minutos, as amigas responderam e não tiveram mais retorno, então foram ao apartamento.

Ao chegarem ao local encontraram a vítima morta na cama, de bruços, seminua, e um travesseiro, com marcas de maquiagem, no chão.

A suspeita é que o crime tenha sido um latrocínio, roubo seguido de morte, pois itens pessoais da vítima, como celular e dinheiro, haviam sumido.

Leia mais 

Garota de programa é executada com 4 tiros no Centro de Manaus

Homem se recusa pagar programa e acaba agredido e esfaqueado em Manaus

Garotas de programa: do sexo virtual às escapadas na quarentena