Fonte: OpenWeather

    Flagra


    Policial descontrolado agride brutalmente mulher algemada

    Agressões aconteceram em 26 de setembro, mas imagens vieram a público esta semana

    O caso teria acontecido em um restaurante
    O caso teria acontecido em um restaurante | Foto: Reprodução

    Uma mulher de 44 anos foi agredida por um tenente da Polícia Militar do Mato Grosso do Sul. O caso aconteceu em Bonito, em 26 de setembro, mas apenas agora as imagens foram divulgadas. A mulher já estava algemada quando sofreu a brutalidade.

    Enquanto o agente agride a mulher de forma covarde com chutes e socos, o outro policial presente na sala não faz nada, nem um outro homem que estava no balcão de atendimento. As agressões somente são contidas quando uma policial interfere.

    O caso teria acontecido em um restaurante. A vítima pediu um prato de comida para a filha de 3 anos, que possui autismo, e pediu rapidez para a atendente. A dona do estabelecimento xingou a mulher e a criança de "verme da sociedade". A vítima se descontrolou e uma confusão se instaurou.

    Todos foram levados à delegacia e a vítima ainda ficou presa por 48 horas sob a acusação de desacato, ameaça ao patrimônio e resistência à prisão. Ela só foi solta depois que o marido, que também é policial militar, soube da situação. As crianças foram para um abrigo e só conseguiu ter acesso aos filhos depois desses dois dias.

    A vítima não denunciou as agressões na época por não ter provas ou imagens do crime e porque lhe foi negada a possibilidade de registrar boletim de ocorrência ou fazer exame de corpo de delito.

    A polícia do Mato Grosso do Sul, agora, vai investigar o caso.

    Veja a reportagem do caso: