Fonte: OpenWeather

    Maus tratos


    Homem é preso por torturar filha de 2 meses com fita adesiva em MS

    Além de múltiplas fraturas pelo corpo, a criança apresentou um trauma antigo na cabeça e rompimento no fígado.

     

    a criança está internada em estado grave na Santa Casa
    a criança está internada em estado grave na Santa Casa | Foto: Reprodução

    O pai de um bebê de um mês e vinte dias confessou à polícia que torturou a própria filha com fita adesiva. Em sua defesa, o adolescente de 17 anos, relatou que estava nervoso e agrediu a criança para que ela parasse de chorar. O crime aconteceu em Nova Alvorada do Sul, no Mato Grosso do Sul.

    Conforme a imprensa local, a criança está internada em estado grave na Santa Casa. Ela está, com múltiplas fraturas pelo corpo e apresenta um trauma antigo na cabeça e rompimento no fígado.

    Segundo a investigação, a criança já havia sofrido agressões severas, apesar do pai falar que esta foi a primeira vez que a filha foi agredida. Lesões na testa, nuca, e um traumatismo craniano grave foram detectadas na criança quando ela estava internada no Centro de Tratamento Intensivo (CTI).

    O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA). Uma tia tenta a guarda da criança com o Conselho Tutelar. 

    *Com informações de Top Mídias News

    Leia mais: 

    Tio é suspeito de aliciar sobrinhas de 9 e 11 anos em Manaus

    Homem é preso após oferecer R$ 300 e estuprar adolescente em Manaus

    Polícia Civil investiga acidente de trânsito com morte de criança