Fonte: OpenWeather

    Agressão


    Tenente-coronel é agredido por sargento que se recusou a usar máscara

    Gerente de supermercado chamou policiais, porque o sargento à paisana se recusou a usar máscara para entrar no estabelecimento

    Tenente-coronel foi agredido com socos
    Tenente-coronel foi agredido com socos | Foto: Reprodução/Internet

    Um sargento da polícia militar agrediu um tenente-coronel com um soco na noite desta quinta-feira (10), em supermercado no município de Aracati, no Ceará.

    De acordo com a polícia, o caso aconteceu quando a gerência do comércio chamou PMs ao local porque o sargento, que estava à paisana, se recusava a usar o item de proteção. O tenente-coronel agredido estava na equipe que atendia a ocorrência.

    Após desferir o soco e ser algemado, o agente gritou insultos contra o tenente-coronel, utilizando palavras como “cachorro” e “vagabundo”.

    Segundo a polícia, o sargento foi conduzido ao plantão de Polícia Judiciária Militar, onde foi autuado pela agressão contra o tenente-coronel e agressão verbal contra a gerente do supermercado. Ele está recolhido no Presídio Militar.

    O uso da máscara em espaços públicos e privados do Ceará é obrigatório, conforme à lei estadual de 10 de julho deste ano, que determinou a obrigatoriedade da medida de proteção contra a propagação da Covid-19.

    A Polícia Militar do Ceará esclareceu que "não compactua com condutas ilícitas, por isso faz cumprir rigorosamente as normas legais, sem deixar de respeitar, naturalmente, os princípios da inocência, contraditório e ampla defesa".

    *Com informações do G1

    Leia mais

    Jovem é preso após assaltar ônibus da linha 671 em Manaus

    'Justiceiro' mata suspeito de assaltos a tiros no Lago Azul, em Manaus

    Grupo suspeito de cometer assaltos é detido pela PM na Zona Norte