Fonte: OpenWeather

    Em Minas Gerais


    Vídeo: 'Mãe de santo' mata mulher e concreta cadáver na própria casa

    Ao ser questionada, a mulher que recebeu o empréstimo de Rivânia confessou que a vítima havia sido morta e que teria enterrado o corpo em sua casa

    A mulher, o namorado e outras duas pessoas suspeitas de participarem do crime foram presas
    A mulher, o namorado e outras duas pessoas suspeitas de participarem do crime foram presas | Foto: Reprodução

    Desaparecido há 14 dias, o corpo de Rivânia Pereira da Silva, de 40 anos, foi encontrado concretado dentro de um tambor que estava enterrado no chão do quarto da mulher suspeita de mata-lá. A mulher diz que é "mãe de santo" e afirma que recebeu R$ 26 mil emprestado da vítima. O caso aconteceu em Juiz de Fora, Minas Gerais. 

    Veja o vídeo:


    As buscas por Rivânia Pereira da Silva, se iniciaram depois que ela deixou de fazer contato com a família, que mora em Teófilo Otoni, no início do mês. O desaparecimento era investigado pela Polícia Civil e passou para a Delegacia de Homicídios, após a descoberta de que ela teria emprestado R$ 26 mil para uma pessoa. 

    Ao ser questionada, a mulher que recebeu o empréstimo de Rivânia confessou que a vítima havia sido morta pelo seu namorado, que teria enterrado o corpo em sua casa. Com a ajuda do Corpo de Bombeiros, os agentes do DHPP quebraram o local indicado pela suspeita e encontraram o tambor com o corpo da vítima.

    A suspeita afirma não saber como Rivânia foi morta e, devido ao estado de decomposição do corpo, dificilmente os peritos poderão identificar a causa da morte. 

    A mulher, o namorado e outras duas pessoas suspeitas de participarem do crime foram presas e devem responder por ocultação de cadáver e associação criminosa, além de homicídio.

    *SBT-Primeiro Impacto

    Leia mais:

    Padrasto confessa que jogou bebê em igarapé por ciúmes

    Polícia segue buscas por bebê de 2 meses jogada em igarapé de Manaus