Fonte: OpenWeather

    Sequestro


    Casal brasileiro é sequestrado e ameaçado por policiais no Paraguai

    O sequestro será investigado pela Polícia Nacional do Paraguai

     

    O casal já está no Brasil
    O casal já está no Brasil | Foto: Wanderson Petrini

    Os turistas brasileiros, Matheus Mangiocca e Júlia Venancio, de 22 e 21 anos, foram sequestrados por policiais na colônia Torín, no Paraguai, na segunda-feira (18), segundo a Polícia Civil. O casal voltou ao Brasil na quarta (20). 

    Conforme as vítimas, eles foram socorridos após a jovem tentar sacar o dinheiro exigido pelos suspeitos em um banco de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, cidade que faz fronteira com o país.

    As vítimas, que moram em São Paulo (SP), viajavam de carro quando foram abordadas pelos policiais. Segundo a polícia, os agentes exigiram R$ 25 mil para liberarem os dois, pois caso Júlia não sacasse o dinheiro, matariam o namorado dela. 

    Conforme anúncio da Polícia Nacional do Paraguai, todos os policiais suspeitos foram afastados dos cargos e transferidos para Assunção. O governo informou ainda que a procuradora do Ministério Público paraguaio, Estela Mary Ramírez, disse que suspeitos estão sujeitos a acusação de privação ilegal de liberdade e extorsão.

    De acordo com o investigador Wanderson Pedrini, de Foz do Iguaçu, a Polícia Civil foi chamada para ajudar após o funcionário do banco estranhar a solicitação da alta quantia e perceber que a jovem estava nervosa.

    Na terça-feira (19), o casal foi resgatado pela polícia após a jovem ser levada até o banco, em Foz do Iguaçu, em um taxi. Enquanto isso, o rapaz era mantido refém no Paraguai e só foi liberado após o Comando Tripartite acompanhar o caso.

    *Com informações do G1

    Leia mais: 

    Dupla morre após confronto com a PM, no cemitério dos índios, em Manaus 

    Toque de recolher: 20 carros são apreendidos e dois presos em Manaus 

    Filho é suspeito de matar próprio pai em briga por herança; veja vídeo