Fonte: OpenWeather

    Abandono de incapaz


    Recém-nascido é encontrado em saco de lixo

    Os garis da cidade foram os primeiros a encontrar o bebê

     

    Os garis da cidade foram os primeiros a encontrar o bebê
    Os garis da cidade foram os primeiros a encontrar o bebê | Foto: Reprodução

    Um recém-nascido foi encontrado dentro de um saco de lixo em Eunápolis, no extremo sul da Bahia, na última sexta-feira (19).

    Os garis da cidade foram os primeiros a encontrar o bebê, que ainda estava com a placenta e o cordão umbilical, acionando a Polícia Militar e o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) logo em seguida.

    "Na reta final do nosso trecho, no Alecrim 2, nós ouvimos um barulho dentro de uma sacola, a gente foi abrir pra poder verificar. Quando a gente foi abrir pra poder verificar tinha um bebê dentro. Na hora, gente, 11 anos que eu trabalho já nisso aí, na prefeitura, e eu nunca presenciei uma coisa dessas", disse Paulo Marques, um dos funcionários de limpeza presentes na cena, em depoimento transmitido no jornal Bahia Meio Dia, da filial local da TV Globo.

    Em vídeo publicado ontem nas redes da prefeitura, o pediatra Alexandre Gonçalves, responsável pelos cuidados com o recém-nascido no Hospital Regional da cidade, deu atualizações sobre o estado de saúde do bebê, considerado estável.

    "Esse bebê chegou no plantão da noite, e ele estava com sinais de hipotermia, né?. (...) A gente de imediato aqueceu a criança, ela foi encontrada parece que em um saco de lixo, e ela evoluiu bem, a gente entrou com o antibiótico, né, tinha um risco infeccioso, a gente não sabe nada sobre o pré-natal, então a gente entrou com o antibiótico e com os exames, e nesse momento a criança está estável", explicou ele.

    O médico contou ainda que em um primeiro momento a equipe achou que o recém-nascido fosse prematuro, por pesar apenas 1,570 kg, mas que ao investigar as medidas eles chegaram à conclusão de que o parto foi feito com cerca de 37 semanas de gestação, próximo das 40 ideais.

    Ele ainda afirmou que o bebê deve passar um período considerável no hospital para "ganhar peso e aprender a sugar".

    Agora, caberá à Polícia Civil da cidade a investigação para tentar encontrar a mãe da criança.

    *Com informações do site Uol

    Leia Mais

    Bebê de 6 meses recebe vacina contra Covid-19 por engano

    Será que meu filho tem autismo? Veja sinais

    Bebê de 1 ano e 10 meses é picado por cobra dentro de casa