Fonte: OpenWeather

    Estupro


    MPF denuncia ator argentino Juan Darthés por estupro

    Caso teria ocorrido em 2018, por estupro de atriz Argentina

      

    No mesmo ano, a Interpol emitiu uma ordem de prisão para Darthés
    No mesmo ano, a Interpol emitiu uma ordem de prisão para Darthés | Foto: Reprodução/Twitter

    A Procuradoria-Geral da República de São Paulo (PGR/SP), denunciou, nesta terça-feira (6), o ator Juan Rafael Pacífico Dabur, conhecido como Juan Darthés, por estupro. O caso ocorreu em em 2018, quando a atriz argentina Thelma Fardín, revelou ter sido estuprada por ele quando tinha 16 anos, em Nicarágua. As informações são da CNN Brasil.

    No mesmo ano, a Interpol emitiu uma ordem de prisão para Darthés, que se mudou para o Brasil, onde não pode ser extraditado por possuir dupla cidadania (argentina e brasileira).

    “Eu recebi a notificação formal do Ministério Público brasileiro dizendo que o caso é secreto no Brasil e precisamos confirmar a apresentação da denúncia feita pela Thelma na Nicarágua. Como é um caso público, eles decidiram entrar no caso. O próximo passo será a justiça brasileira julgar a acusação contra ele”, disse o advogado Martín Arias Duval à CNN Brasil.

    Nascido no Brasil, Darthés morava em Buenos Aires com sua família, mas se estabeleceu em São Paulo logo depois que Fardín apresentou a queixa. Caso a Justiça brasileira aceite a denúncia do MPF, ele deve se tornar réu e responder pelo caso no Brasil.

    Acusação

    Conforme a atriz argentina, o estupro teria ocorrido em maio de 2009, quando Darthés, então com 45 anos, estava em turnê internacional com Fardín, que tinha 16 anos, como parte do elenco da série “Patinho Feio”, composta por vários adolescentes.

    *Com informações da CNN Brasil

    Leia mais: 

    Homem é suspeito de estuprar e engravidar menina de 10 anos

    Flordelis aponta filha como mandante de assassinato de pastor Anderson

    Criança é estuprada pelo marido da tia em matagal