Fonte: OpenWeather

    Massacre


    Jovem que planejava chacina é internada em hospital psiquiátrico

    O alvo da jovem de 19 anos era uma escola pública no Distrito Federal

     

    A jovem foi levada à delegacia, mas liberada, por não se configurar prisão em flagrante
    A jovem foi levada à delegacia, mas liberada, por não se configurar prisão em flagrante | Foto: Reprodução

    Casos de massacres em escolas deixam famílias em luto e uma grande dúvida: Até que ponto vai a maldade humana diante da morte do outro. A maioria dos autores dos ataques são jovens e adolescentes. 

    Um jovem de19 anos é suspeita de planejar um massacre a uma escola pública do Recanto das Emas, no Distrito Federal. Equipes da Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC) e da Divisão de Operações Especiais (DOE) cumpriram ordem judicial de internação psiquiátrica compulsória da jovem.

    Ela foi alvo de uma operação de buscas, intitulada de Shield (escudo, em inglês) e revelada pelo Metrópoles, na manhã da última sexta-feira (21). A mãe dela contou que policiais civis do Distrito Federal fizeram uma intensa revista nos cômodos, principalmente no quarto em que a suspeita dorme, onde os investigadores encontraram máscaras e simulacros de arma de fogo.

    A decisão é da juíza plantonista do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) e foi cumprida pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) na manhã deste domingo (23).

    A operação da DRCC foi deflagrada em parceria com a Adidância da Polícia de Imigração e Alfândega dos Estados Unidos. A jovem foi levada à delegacia, mas liberada, por não se configurar prisão em flagrante.

    Ataque em Saudades

    A arma usada na chacina foi uma espada japonesa, chamada Katana, conhecida por alto poder de corte. De forma fria e calculista, um jovem de 18 anos, invadiu a Escola Infantil e Berçário Pró-Infância Aquarela, no bairro Industrial em Saudades (SC). 

    Ele matou três crianças e duas professoras a golpes de espada. Os bebês tinha menos que dois anos de idade. Aproximadamente 30 pessoas estavam na creche no momento do ataque. Ele tentou suicídio ao golpear o próprio pescoço, abdome e tórax, informou a Polícia Militar catarinense.

    Suzano

    O dia 13 março de 2019 seria um dia normal em qualquer escola do mundo. Porém, a rotina foi interrompida com jovens e adolescentes que só tinham desejo de matar. Oito pessoas morreram e 11 ficaram feridas. 

    Veja a ação dos atiradores:

    Capa do Vídeo
    As cenas são chocantes | Autor: Reprodução
     

    Leia mais:

    Trump diz que investigações sobre massacres avançam rapidamente

    Policiais do DF e EUA impedem massacre em escola do DF