Fonte: OpenWeather

    Roleta-russa


    Menina de 11 anos morre após ser baleada por amiga em “roleta-russa”

    A menina foi morreu no local sem chances de ser socorrida

     

    O texto aponta que o autor do disparo portava um revólver e colocou munição na arma de fogo
    O texto aponta que o autor do disparo portava um revólver e colocou munição na arma de fogo | Foto: Reprodução

    O que não tem nada de "brincadeira" é a chamada "roleta-russa" na qual consiste colocar uma bala no pente do revólver, girar e acionar a arma, a sorte nem sempre está do lado de alguns participantes. 

    A brincadeira acabou em tragédia para a família de uma menina de 11 anos que foi morta, na tarde desta segunda-feira (14), após ser baleada por um adolescente com um tiro na cabeça, em Jequié, na Bahia. Ela foi atingida com um tiro no rosto. 

    Ela e outros dois adolescentes participavam da roleta-russa. A informação foi divulgada à imprensa pelo delegado Moabe Macedo Lima, que compartilhou as informações da Delegacia Territorial de Jequié.

      O texto aponta que o autor do disparo portava um revólver e colocou munição na arma de fogo. Ele girou e efetuou disparos com a arma em direção aos amigos por duas vezes, sem que ocorresse um disparo, até que na terceira vez um tiro atingiu o rosto da vítima, identificada como Taila Jesus de Souza.  

    A menina foi morreu no local sem chances de ser socorrida. Já o suspeito e um dos amigos envolvidos no caso foram capturados pela Polícia Militar. De acordo com o delegado, os dois são suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas.

    Junto com eles, a PM prendeu também um homem, apontado como o possível responsável por ter escondido o revólver após o ato infracional. Os três foram apresentados no plantão da Delegacia Territorial. O Setor de Investigação e o Departamento de Polícia Técnica estiveram no local do crime para fazer as diligências.

    Marido e esposa brincam 

    Uma mulher foi morta pelo marido com um tiro na cabeça ao brincar de roleta russa. O crime aconteceu em Brasília (DF). Foi o próprio rapaz quem ligou para a Polícia e relatou o ocorrido. O caso aconteceu em janeiro de 2020. 

    O homem contou na delegacia que foi a mulher quem propôs a brincadeira de roleta-russa e que ela teria começado, apontando a arma contra a própria perna.

      Não houve disparo. Já na vez do rapaz, ele apontou a arma contra a cabeça da vítima e, então, o tiro saiu e matou a mulher de 18 anos na hora.  


    Policiais contam que o homem ligou para a Polícia e, ao chegarem no local, ele não ofereceu resistência. O rapaz foi preso em flagrante e levado para a 26ª DP de Brasília. O nome do agressor não foi revelado pelas autoridades. Ele já tem passagens por furto, tráfico de drogas e Maria da Penha.

    Leia mais:

    Vídeo: Ana Hickman volta a ser perseguida por suposta psicopata

    Fã que atacou Ana Hickman disse que iria fazer roleta-russa