Fonte: OpenWeather

    Intervenção policial


    Lázaro descarregou pistola atirando em policiais, afirma SSP de Goiás

    "Não tivemos alternativa senão revidar", afirmou o secretário

     

    As investigações do caso Lázaro Barbosa ainda não terminaram
    As investigações do caso Lázaro Barbosa ainda não terminaram | Foto: Divulgação

    As investigações do caso Lázaro Barbosa ainda não terminaram. Quem garantiu foi o Secretário de Segurança de Goiás, Rodiney Miranda, durante coletiva de imprensa, na manhã desta segunda feira (28).

    "As investigações continuam, ainda temos pessoas a prender", afirmou Miranda ao ressaltar que o criminoso foi preso com R$ 4.400,00 no bolso, comprovando que o assassino possuía uma ajuda de terceiros, como um empresário da região, comprovando, também, a intenção de sair do Estado ou até do Brasil.

    O secretário disse ainda que, depois da prisão do fazendeiro, Lázaro teria saído da zona de conforto, o que o fez entrar em contato com a família da ex-mulher, nesta noite. A atitude, fez a polícia fechar o cerco contra ele.

    Durante ação policial, o criminoso entrou em confronto com a polícia. "Ele descarregou a pistola em cima dos policiais e não tivemos alternativa senão revidar", afirmou o secretário.

    Lázaro teria, então, levado 20 tiros e faleceu no hospital ao receber os primeiros socorros.

    Leia mais

    Lázaro Barbosa está morto, confirma SSP de Goiás

    Vídeo mostra Lázaro Babosa morto e policiais comemorando; cenas fortes

    Lázaro Barbosa é preso em Goiás após 20 dias de buscas