Fonte: OpenWeather

    Estupro de Vulnerável


    Pastor é preso por estuprar adolescentes e filmar ato na Bahia

    O homem ficou conhecido como o “pastor que abusava das ovelhas” em Vera Cruz, na Bahia

     

    As investigações começaram após a mãe de uma menina de 13 anos fazer a denúncia
    As investigações começaram após a mãe de uma menina de 13 anos fazer a denúncia | Foto: Reprodução

    No Brasil, 181 estupros são registrados por dia, conforme os dados da edição de 2020 do Anuário Brasileiro de Segurança Pública. 

    Um pastor de 57 anos foi preso, nesta terça-feira (29), por estuprar adolescentes em Vera Cruz, na Bahia. 

      O homem ficou conhecido como o “pastor que abusava das ovelhas”, segundo o delegado responsável pela investigação, Willian Achan.  

    As investigações começaram após a mãe de uma menina de 13 anos fazer uma denúncia na 24ª Delegacia Territorial (DT/Vera Cruz).

    “Temos informações que ele também atacou a enteada, há cerca de 18 anos, quando ela ainda era adolescente”. De acordo com as apurações, o pastor gravava e armazenava vídeos de pornografia infantil.

    Antes de sua prisão, o homem destruiu provas e tentou fugir. No entanto, a Polícia o localizou e cumpriu o mandado de prisão.

    Garota filma pastor

    Uma adolescente de 14 anos gravou, de forma escondida, a visita do pastor da igreja que frequenta durante uma visita à casa dela, na cidade de Goiânia.

      Nas imagens, é possível notar que o homem beija a jovem na boca, abraça e oferece dinheiro. O caso é investigado pela Polícia Civil.  

    A adolescente estava sozinha em casa, o homem diz à garota que o casal está começando “devagarzinho” e pede segredo à adolescente sobre o caso dos dois. No vídeo, ela diz estar com vergonha e responde que só pode um “beijinho”.

    Pastor preso

    Josué Tintino Pereira Crichi, de 30 anos, se apresentava como pastor mas na verdade ele era foragido da Justiça de São Paulo e foi preso no Rio de Janeiro suspeito de estuprar uma criança de 4 anos em Mogi Mirim/SP, em 2013.

    A polícia fluminense também prendeu um outro abusador sexual que era procurado no Maranhão. Luís Ferreira cometeu o crime contra sua enteada e fugiu ao ser condenado.

    Abusou de primo

    Um pastor de uma igreja evangélica foi preso por policiais da 124ª DP (Saquarema), que cumpriram um mandado de prisão na Região dos Lagos. O pastor foi condenado pelo crime de estupro de vulnerável.

    O homem, cuja identidade não foi divulgada pela polícia, foi condenado por abusar de um primo que tinha 5 anos na época em que os crimes foram cometidos. De acordo com a polícia, ele abusou repetidas vezes, entre 1992 e 1997, mediante violência e grave ameaça a vítima, que ficava sob sua guarda.

    Leia mais: