Fonte: OpenWeather

    Inacreditável


    Mãe ameaça filho em vídeo para atingir ex: "O filho dele vai morrer"

    Com uma faca na mão, ela bate nas costas da criança mais nova até ele chorar

     

    Segundo o Conselho Tutelar, as gravações têm mais de dois meses
    Segundo o Conselho Tutelar, as gravações têm mais de dois meses | Foto: Reprodução

    Teresina (PI) - Imagens mostram a crueldade de uma mulher que deveria proteger e cuidar dos filhos. 

    Duas crianças foram alvos de ameaça em um vídeo feito pela própria mãe, o caso aconteceu em Teresina, no Piauí. Com o objetivo de atingir o pai, de quem é separada, a mulher usou uma faca para afirmar que iria matar as crianças.

      Nas imagens que circulam a internet, a mulher submete o filho de três anos e a filha de nove a uma sessão de tortura.  

    Com uma faca na mão, ela bate nas costas da criança mais nova até ele chorar. Depois, fala para a câmera, " Ele vem ou o filho dele vai morrer" e continua, " mostra para ele, mostra".

    Segundo o Conselho Tutelar, as gravações têm mais de dois meses e foram feitas em um momento de desespero.

    Veja o vídeo inacreditável:

    Capa do Vídeo
    Veja | Autor: SBT - Primeiro Impacto
     

      As duas crianças não estão mais sob a tutela da mulher e moram com os avós maternos. Ambos ficaram surpresos ao ver os vídeos.  

    De acordo com a família, a mulher sempre teve uma relação amorosa com o filhos. Ela foi conduzida à Delegacia do Menor Vítima e liberada. 

    O Conselho Tutelar solicitou o afastamento da mulher. Apesar do vídeo e dos momentos de terror, as duas crianças não apresentavam sinais físicos de maus tratos.

    Em Manaus

    Uma digital influencer de Manaus foi indiciada no início de julho pelo crime de tortura após filmar agressões contra o próprio filho de 3 anos. Os vídeos foram filmados pela suspeita e enviados para o pai da criança.

    O caso é investigado pela Delegacia Especializada em Proteção à Criança (Depca), e os vídeos tiveram repercussão em redes sociais.     

    Nos vídeos, a suspeita ofende o pai da criança e faz o menino chorar. A suspeita compareceu na Depca após ser notificada e prestou depoimento. 

    Leia mais:

    Presa dupla que torturou e matou adolescente

    Deputada Joana Darc repudia agressão de influenciar a filho de 3 anos