Fonte: OpenWeather

    DINHEIRO DE FIÉIS


    12 pastores da Igreja Universal são investigados por desvio milionário

    Dinheiro é decorrente dos dízimos ofertados pelos membros da igreja

    | Foto: Divulgação

    Indo contra o mandamento bíblico de que não deve tirar dinheiro ou bens do próximo, bíblicos, ex-pastores da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd) são investigados pelo desvio de dízimos e ofertas dentro das unidades religiosas de Brasília. A informação é do portal Metrópoles.

    A direção da Universal denunciou o possível esquema e o Departamento de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado (Decor), da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), aceitou a denúncia e investiga o caso. 

    A suspeita da Universal é que o grupo, supostamente liderado pelo ex-pastor regional Nei Carlos dos Santos, teria desviado, no mínimo, R$ 3 milhões. 

    Os pastores se organizaram para abrir empresas de fachada e lavar os recursos adquiridos com os desvios, que viriam principalmente do chamado “Culto dos 318”, reunião de fiéis destinada a empresários e pessoas que desejam melhorar suas vidas financeiras.

    A Universal afirma que acionou as autoridades policiais ao tomar conhecimento do desfalque milionário, além de demitir os 12 suspeitos de participarem do esquema.

    *Com informações do Metrópoles

    Leia mais:

    Ginecologista suspeito de abusos sexuais é novamente preso

    Homem é preso por zoofilia após estuprar duas éguas em MG

    Caso Mari Ferrer: Secretaria da Mulher repudia absolvição de acusado

    <<<<<<< HEAD ======= >>>>>>> e5a666b371d90e4920345db9572e28a6ed1fabe8