Fonte: OpenWeather

    Operação Nômade


    Veja quem são os líderes do CV no Amazonas presos pela PF no RJ

    Da cidade maravilhosa, os líderes influenciavam na tomada de decisões da facção no Amazonas e podem pegar mais de 20 anos de prisão

     

    Diego Oliveira Hidalgo, conhecido como "Diego Islâmico" e Silvio Andrade Costa, o "Barriga”, foram presos pela Polícia Federal na terceira fase da "Operação Nômade"
    Diego Oliveira Hidalgo, conhecido como "Diego Islâmico" e Silvio Andrade Costa, o "Barriga”, foram presos pela Polícia Federal na terceira fase da "Operação Nômade" | Foto: Divulgação

    Rio de Janeiro (RJ) - Silvio Andrade Costa, o "Barriga”, e Diego Oliveira Hidalgo, conhecido como "Diego Islâmico", foram presos pela Polícia Federal na terceira fase da "Operação Nômade", deflagrada nesta terça-feira (23), no Rio de Janeiro. Os dois são líderes da facção criminosa do Comando Vermelho, no Amazonas.

      Da cidade maravilhosa, os liderem influenciavam na tomada de decisões da facção no Amazonas e podem pegar mais de 20 anos de prisão.  

    De acordo com o delegado Victor Matos, titular da Delegacia de Repressão a Entorpecentes da Polícia Federal, a operação investiga, desde janeiro, as ações da facção, até chegar a prisão destes nomes.  

    “Também tivemos a apreensão de uma certa quantidade de entorpecentes. Dos mandados de prisão, um deles ainda está foragido. São nomes fortes e conhecidos dentro dessa organização criminosa”, afirmou o delegado.

    Matos ainda complementa que a operação, desde o início, tenta coibir as ordens enviadas pelos criminosos ao Estado, que chefiavam crimes a distância. 

    "

    A distância, eles comandavam crimes violentos e ações do tráfico de drogas. Mas demos a resposta da Polícia Federal à sociedade. Essa facção tem como característica o cometimento de crimes violentos e estamos atentos a isso. Vamos atrás das demais lideranças para coibir as ações desta facção "

    Victor Matos, delegado

     

    Transferência

      Por meio de nota, a assessoria da Secretaria de Administração Penitenciária do Estado do Amazonas (Seap-AM), informou que os criminosos serão encaminhados aos presídios de Manaus, assim que a justiça autorizar a transferência.  

    Cooperação

    O Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas deferiu representação da Polícia Federal e expediu mandados de busca, apreensão e de prisão preventiva, os quais foram cumpridos nessa etapa da investigação criminal no Rio de Janeiro, com apoio dos policiais do Comando de Operações Táticas da PF, da Delegacia de Repressão a Entorpecentes do Rio de Janeiro e do Grupo de Pronta Intervenção da PF, no Rio de Janeiro.

    A terceira fase da operação Nômade contou com a participação de mais de 40 policiais federais.

    Acompanhe a live com o delegado Victor Matos:

    Terceira fase da “Operação Nômade” da Polícia Federal prendeu mais líderes do Comando Vermelho do Amazonas | Autor: Portal Em Tempo
     

    Leia mais: 

    Polícia Federal prende no RJ líderes do Comando Vermelho do Amazonas

    Veja quem é o homem apontado como assassino do sargento Lucas Ramon

    Pistoleiro diz que recebeu R$ 65 mil para matar sargento Lucas Ramon