Lista de presos


Dos seis foragidos com 'cabeças a prêmio', dois já foram recapturados

Alexandre Alves da Silva, 23, o "Cagão", e Bruno Souza Carvalho, o "Bruno Fiel", estão sob poder da Justiça do Amazonas

Juntos, os seis são investigados por participação em quase 100 homicídios
Juntos, os seis são investigados por participação em quase 100 homicídios | Foto: Divulgação

Manaus – Dois dos seis foragidos que estavam com as cabeças a prêmio já foram recapturados pela polícia´do Amazonas. Kaio Wuellington Cardoso dos Santos, de 25 anos, o "Mano Kaio", Johnson Alves Barbosa, 30, conhecido como "Playboy", Alexsandro Oliveira dos Santos, 29, o "Sandrinho" e Adalberto Salomão Guedes da Silva, 28, o "Salomão", continuam procurados pela polícia. 

Os dois recapturados são: Alexandre Alves da Silva, 23, o "Cagão", preso em Teresina, no Piauí, e Bruno Souza Carvalho, conhecido como "Bruno Fiel", preso no conjunto Parque das Laranjeiras, bairro Flores, Zona Centro-Sul de Manaus. 

Leia também: Cabeças a prêmio: polícia oferece recompensa por matadores de Manaus

Juntos, os homicidas somam quase 100 processos por homicídios. Alguns deles (Kaio, Alexsandro, Alexandre, Johnson e Adalberto) estão foragidos desde maio deste ano, após uma fuga em massa ocorrida no Centro de Detenção Provisório Masculino 2 (CDPM-2).

Na ocasião, 35 presos cavaram um túnel e fugiram da unidade prisional. Segundo a SSP, a fuga foi determinante para o aumento de crimes na capital nos últimos meses.

Todos respondem processos variados, como tráfico de drogas, roubos, organização criminosa e homicídios. "Mano Kaio" responde a 13 processos por homicídio, tráfico de drogas, associação criminosa, roubo e roubo majorado (com uso de arma de fogo). 

Já Jonhson Alves tem 22 processos por crimes como porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e homicídio.

Relembre as prisões

1. Cagão

Alexandre foi preso no Piauí
Alexandre foi preso no Piauí | Foto: divulgação

Alexandre Alves da Silva foi recapturado no dia 2 de agosto de 2018, em Teresina, no Piauí. Do nordeste, o pistoleiro comandava mortes no Amazonas. “Sabemos que já é uma prática comum de foragidos comandar equipes de matadores a distância. Eles usam redes sociais ou a internet, são os chamados ‘teleguiados’”, destacou Juan Valério, delegado titular do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO).

2. Bruno Fiel

Bruno foi recapturado no dia 1° de setembro, junto com mais outros seis integrantes da facção criminosa Comando Vermelho (CV). Ele foi preso no conjunto Parque das Laranjeiras, bairro Flores, Zona Centro-Sul, por volta das 14h. 

Bruno Fiel foi recapturado após o ataque que deixou três mortos e três feridos no bairro Compensa
Bruno Fiel foi recapturado após o ataque que deixou três mortos e três feridos no bairro Compensa | Foto: Divulgação

De acordo com o 1º tenente da Rocam Aldivan Rodrigues, Bruno e Sandrinho arquitetaram o ataque que resultou em três homens mortos, outros dois gravemente feridos e uma mulher ferida na mão, no início da tarde da última sexta-feira (31), no campo do Estrela, bairro Compensa, Zona Oeste da capital. “Ele disse que deu apoio logístico junto com o Sandrinho do Vila da Prata, que mandou pessoal dele e forneceu um dos carros, além do armamento”, explicou o tenente. 

Leia mais: 

Do Piauí, 'Cagão' comandava execuções em Manaus, afirma delegado

'Bruno Fiel' e 'Sandrinho' planejaram ataque na Compensa, diz polícia

Com cabeça a prêmio, ‘Bruno Fiel’ é preso pela Rocam em Manaus