Briga entre facções


Vídeo mostra integrantes do CV comemorando morte de Melk da FDN

Melk é apontado pela polícia como o traficante que comandava o Mauazinho e como sucessor de "João Branco" na FDN

Melk estava saindo de um baile funk quando foi surpreendido e morto | Foto: Divulgação

Manaus – Um vídeo, que circula nas redes sociais, mostra um grupo de traficantes soltando fogos de artifício em comemoração à morte de Melkzedek Monteiro de Oliveira, o “Melk”, de 33 anos. As imagens foram divulgadas na tarde deste domingo (23), horas após a morte do traficante. 

O link do vídeo foi repassado ao Em Tempo por um morador do bairro Novo Aleixo, na região conhecida como Mutirão, na zona Centro-Sul de Manaus. Segundo ele, a área é dominada pelo tráfico de drogas, precisamente pela facção Comando Vermelho (CV). 

Conforme informações de fontes policiais ligadas à cúpula de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM), a articulação da ação criminosa que levou a morte de “Melk” foi coordenada pelo braço direito de Kaio Wuellington Cardoso dos Santos, o “Mano Kaio”, identificado como “Chibé”, pelo serviço de inteligência do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO). 

A polícia informou que o ataque aconteceu após Melk deixar um baile funk, que estava sendo realizado na rua Santa Luzia com a avenida Rio Negro, no bairro Mauazinho, Zona Leste de Manaus, para ir buscar uma quantia em dinheiro não revelada.

"Ele foi surpreendido a tiros por traficantes do Comando Vermelho (CV), que já aguardavam do lado de fora", informou a fonte. A polícia do Amazonas concluiu que a facção criminosa rival da Família do Norte (FDN) é chefiada por Mano Kaio, um dos 35 foragidos do Centro de Detenção Provisória Masculino 2 (CDPM-2), localizado no quilômetro 8 da BR-174. A fuga ocorreu no dia 12 de maio deste ano por meio de um túnel.

Sucessor de João Branco

Melk era considerado pela polícia como sucessor do narcotraficante João Pinto Carioca, o "João Branco”, da facção criminosa Família do Norte (FDN). De acordo com informações da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Melk comandava o tráfico de drogas no bairro Mauazinho. 

Ele assumiu o posto após João Branco ser preso. O narcotraficante cumpre pena no presídio federal de Catanduvas (PR). Melk foi preso em 2016, durante uma operação da Polícia Civil no Mauazinho. Na época, com ele e mais seis pessoas, a polícia encontrou uma pistola calibre 380, outra 9mm, três espingardas 12, uma submetralhadora e um revólver 38.

Traficantes rivais festejam morte de Melk da FDN | Autor: Reprodução

Leia mais: 

Tatuagens de criminosos revelam códigos e perfis de facções no AM

Briga entre facções: Comando Vermelho ameaça FDN com funk no Amazonas

Sucessor de 'João Branco' no Mauazinho é morto com 27 tiros, em Manaus